Governo do Estado oferece quase 150 mil vagas de qualificação profissional este ano

Publicado em 18/05/2021 às 16:30

Compartilhe

Diante da pandemia da Covid-19, que afetou todos os setores da economia mundial, o Governo do Espírito Santo ampliou a oferta de cursos de qualificação profissional aos capixabas. O secretário de Estado da Ciência, Tecnologia, Inovação, Educação Profissional e Desenvolvimento Econômico (Sectides), Tyago Hoffmann, informou que já foram disponibilizadas 36 mil vagas de cursos diversos nos quatro primeiros meses deste ano, e até o final de 2021 serão mais 111 mil vagas ofertadas.

Em entrevista ao Portal Montanhas Capixabas, Hoffmann destacou que em breve serão disponibilizados cursos voltados aos moradores da Região Serrana do Estado, principalmente com temas ligados ao turismo, que é um setor importante na geração de emprego e renda.

“Sempre pensamos em cursos direcionados às potencialidades de cada região do Estado. A intenção é qualificar as pessoas, para que as empresas encontrem profissionais qualificados em cada região, sem necessidade de contratar funcionários de outros locais”, disse.

De acordo com o secretário, hoje (18) foram abertas mais 10 mil vagas para moradores de municípios que fazem parte do programa Estado Presente, que tem o objetivo de levar atendimento policial e social a regiões com maior índice de vulnerabilidade social. Poderão concorrer a uma dessas 10 mil vagas moradores de Aracruz, Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Colatina, Guarapari, Linhares, São Mateus, Serra, Vila Velha e Vitória.

Para participar dos cursos, que são gratuitos, não é necessário comprovação de renda. O secretário Tyago reforçou que o objetivo das qualificações é dar condições a quem tiver empregado, conseguir melhores colocações dentro das empresas em que eles atuam, o que pode gerar um aumento salarial e manutenção de empregos. “Também qualifica os trabalhadores para conseguir com maior facilidade uma colocação profissional e para quem quer abrir seu próprio negócio”, completa.

ON-LINE – O secretário reforçou que a maior parte dos cursos é realizada de forma on-line, o que facilita a participação de moradores de todas as regiões do Estado em um mesmo curso, o que no sistema presencial não era possível, pois cada um era ministrado em uma região ou município.

“Em 2019, foram 50 mil vagas em cursos diversos. No ano passado, ofertamos 130 mil vagas e, este ano, teremos quase 150 mil vagas. Para o ano que vem, queremos ampliar ainda mais. Até o final deste ano, abriremos mais de 100 mil vagas em dezenas de áreas, nas modalidades on-line, semipresencial e presencial, oportunizando a qualificação e a manutenção de empregos.

RETOMADA ECONÔMICA –Tyago Hoffmann afirmou que a oferta de qualificação profissional contribui para a retomada mais rápida da economia capixaba, após o término das restrições devido à pandemia. Segundo ele, além da manutenção de empregos, os cursos gratuitos ofertados também impulsionam a geração de novos negócios.

“A pandemia trouxe consequências graves, que dificultam a circulação de pessoas e causam restrição nos comércios. Infelizmente vivemos esse problema mundial, que afeta também a nossa economia. O governador Renato Casagrande é muito sensível a toda essa situação e o Governo busca medidas para minimizar esse impacto no Estado e todas as nossas decisões são inseridas no planejamento de retomada do Espírito Santo”, enfatizou.

Ele destacou, ainda, o pacote de R$ 1,8 bilhão anunciado recentemente pelo governador Renato Casagrande, que agrega uma série de medidas econômicas e sociais em prol dos capixabas. “Algumas ações só foram possíveis devido ao momento da pandemia, mas algumas linhas de créditos do Bandes e Banestes irão permanecer. Até julho, também iremos lançar o ‘Refis’, que dará aos empresários mais facilidadespara a quitação de débitos com o Estado”, disse.

NOVOS NEGÓCIOS – Além de qualificação de mão de obra, o Governo Estadual também auxilia quem quer se tornar empreendedor. Um exemplo é que para quem concluir cursos nas áreas de gastronomia, beleza e estética, o Governo irá oferecer, gratuitamente, materiais para quem quiser começar seu negócio próprio.

“Nessa nova etapa,iremos oferecer kits com ferramentas necessárias para quem tiver interesse em abrir seu próprio negócio. Essa é uma forma que encontramos para incentivar o empreendedorismo, pois muitas pessoas têm dificuldades em adquirir esses itens após concluir os cursos”, comentou.

Tyago citou as mulheres, que muitas vezes querem complementar a renda familiar, ou até são as chefes de famílias. “Com essas ações, contribuímos com a redução das desigualdades sociais e proporcionamos oportunidades às mulheres que querem ter sua independência financeira”, comenta.

AUXÍLIO A PROFESSORES – Após a entregade computadores aos professores da rede estadual e auxílio para a instalação de internet, oGoverno Estadual também irá fornecer, aos professores da Educação Profissional, o mesmo auxílio. Serão R$ 5 mil para cada professor da rede de ensino técnico para a aquisição de computador, além do auxílio mensal de R$ 70,00 para ajudar no pagamento da internet.

“Estamos vivendo um momento em que parte das atividades estásendo realizada à distância, por isso é necessário ter um bom equipamento e internet de qualidade. Cerca de 300 professores dos cursos de educação profissional receberão esse importante auxílio”, informou o secretário.

Hoffmann disse que a pandemia acelerou o processo de ofertas de cursos on-line. “Também sou professor universitário e já utilizamos a tecnologia como parte de nossas atividades. Acredito que esse modelo híbrido – de ensino à distância e presencial – vai permanecer, mas nada substitui o contato pessoal e a troca de conhecimento entre alunos e professores. Esse formato on-line contribuiu para que pudéssemos ampliar a oferta de cursos, mas quando a pandemia passar,iremos fortalecer também os cursos presenciais”, garantiu.

 

Veja também

© Samara Miranda/Remo/Direitos Reservados

Com gol contra, Remo vence Avaí em confronto de Leões pela Série B

© Reuters/Denis Balibouse/ Direitos Reservados

Brasil recebe mais dois lotes de vacinas da Pfizer

© Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

CCJ da Câmara aprova admissibilidade da PEC dos Precatórios

© Gaspar Nóbrega/COB/Direitos Reservados

Brasil vence Argentina no Sul-Americano de vôlei feminino

© Bruno Haddad/Cruzeiro/Direitos reservados

Série B: VAR anula gol nos acréscimos e Cruzeiro empata com Operário

© Rafael Ribeiro/Vasco/Direitos Reservados

CRB arranca empate com o Vasco na 24ª rodada da Série B

© Marcello Casal jr/Agência Brasil

Decreto aumenta alíquotas do IOF para custear novo Bolsa Família

© Rovena Rosa/Agência Brasil

CoronaVac dá proteção acima de 90% a quem tem comorbidades, diz estudo