Governo do Estado investe R$ 19,2 milhões em pesquisa científica com novos editais da Fapes

Publicado em 03/01/2023 às 14:43

Compartilhe

Governo-do-Estado-investe-R-192-milhoes-em-pesquisa-cientifica-com-novos-editais-da-Fapes

O ano de 2023 começou e o Governo do Estado investiu R$ 19,2 milhões no fomento à pesquisa científica, tecnológica e de inovação capixaba. A Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes) lançou, na última semana de 2022, três chamadas públicas. São os editais 28/2022 – Universal, 29/2022 – Estágio Técnico – Científico e 30/2022 – Visita Técnico-Científica.

“2022 foi um ano de muitos investimentos e muitas realizações para as áreas de Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I). Nós fechamos 2022 com um forte investimento, de R$ 18 milhões, em um dos editais que é muito querido pelos pesquisadores, o Universal. Isso porque qualquer área de estudo pode submeter propostas. Somando esse recurso do Universal com os outros dois editais que lançamos, esse investimento chega a quase R$ 20 milhões disponibilizados para o fomento ao ecossistema de CT&I capixaba”, afirmou a diretora-presidente da Fapes, Cristina Engel.

Ela destacou também o impacto das chamas públicas 29 e 30, lançadas pela Fundação. “Esses editais de auxílio aos estágios e às visitas são uma demonstração da preocupação e do reconhecimento que o Governo do Estado tem nesse intercâmbio de informações. Não adianta ficarmos fechados só na gente. É necessário que os nossos pesquisadores também possam conhecer outras realidades e trazer esse conhecimento adquirido para o Espírito Santo”, disse Cristina Engel.

O Edital 28/2022 – Universal

Com o objetivo de apoiar a melhoria da infraestrutura de pesquisa nas instituições de Ensino Superior e de Pesquisa localizadas no Espírito Santo, a Fapes lançou o Edital Universal 2023. São disponibilizados R$ 18 milhões para financiar pesquisas científica, tecnológica ou de inovação, coordenadas por pesquisadores mestres ou doutores, nas diferentes áreas de conhecimento.

A inscrição de propostas pode ser feita na plataforma www.sigfapes.es.gov.br e o prazo de submissão termina no dia 27 de fevereiro. Os proponentes devem inscrever seus projetos em três faixas, de acordo com o quadro:

ExigênciasFaixas
  Titulação/Tempo A – Exclusiva paracoordenadoresMestresB – Exclusiva paracoordenadoresDoutores (as),com título obtidohá, no máximo, 10 anos– Exclusiva paracoordenadoresDoutores (as),com título obtidohá mais de 10anos
Valor máximo de cada proposta (R$) R$ 60 mil R$ 120 mil R$ 160 mil

Também com o foco de estimular a interiorização da pesquisa no Estado, a Fapes destina 30% dos recursos financeiros prioritariamente a projetos coordenados por pesquisadores vinculados a instituições localizadas fora da Região Metropolitana da Grande Vitória (RMGV). Todo o recurso disponibilizado para o edital é proveniente do Fundo Estadual de Ciência e Tecnologia do Espírito Santo (Funcitec).

As propostas podem ser de qualquer área do conhecimento definidas pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq): Ciências Exatas e da Terra; Ciências Biológicas; Engenharias; Ciências da Saúde; Ciências Agrárias; Ciências Sociais Aplicadas; Ciências Humanas; e Linguística, Letras e Artes.

Os Editais 29 e 30/2022 – Estágio Técnico-Científico e Visita Técnico-Científica

Pesquisadores e estudantes de Mestrado ou Doutorado, vinculados a instituições capixabas, receberão auxílio financeiro para realizar visitas ou estágios técnico-científicos em laboratórios ou centros de pesquisa e desenvolvimento localizados no País ou no exterior, por meio das chamadas públicas da Fapes.

Diferentemente de edições anteriores, a Fundação lançou para 2023 editais separados, visando a ofertar o auxílio financeiro: 29/2022 – Estágio Técnico-Científico e 30/2022 – Visita Técnico-Científica. Ambos, terão duas chamadas para submissão de propostas e investem R$ 1,2 milhão, sendo destinado R$ 700 mil para apoio a estágios técnico-científicos e R$ 500 mil para auxiliar em visitas técnico-científicas.

O recurso é proveniente do Fundo Estadual de Ciência e Tecnologia do Espírito Santo (Funcitec) e a 1ª chamada de ambos os editais está com prazo de submissão aberto até o dia 02 de fevereiro. A inscrição de propostas deve ser feita na plataforma SigFapes (www.sigfapes.es.gov.br).

Os estágios e as visitas que forem contemplados devem ser realizados no período entre 1º de abril de 2023 e 31 de dezembro de 2023. Os interessados podem se inscrever em duas categorias:

  • Categoria Aluno: ser aluno(a) de instituição de ensino e/ou pesquisa, pública ou privada sem fins lucrativos, localizada no Espírito Santo, regularmente matriculado em curso de Mestrado ou Doutorado recomendado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), podendo ser reconhecido e/ou renovado pelo Conselho Nacional de Educação (CNE) e/ou homologado pelo Ministério da Educação (MEC);
  • Categoria Pesquisador: ser pesquisador(a) com título de doutor ou mestre, com vínculo celetista ou estatutário em instituição de ensino, pesquisa, desenvolvimento ou inovação, pública ou privada sem fins lucrativos, localizada no Estado do Espírito Santo.


As chamadas públicas têm o objetivo de estimular o intercâmbio de pesquisadores e estudantes de pós-graduação das instituições capixabas e despertar o interesse de estudantes e profissionais nas áreas de Ciência, Tecnologia e Inovação, além de contribuir para o desenvolvimento científico e tecnológico do Estado.

Serviço:

Lançamento de três editais de fomento às áreas de Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) capixabas:

Fonte: Assessoria de Comunicação e Imprensa FAPES

Veja também

Corpo-de-mulher-encontrado-em-MF

Corpo de mulher é encontrado próximo ao Rio Jucu em Marechal Floriano

copa-futsal-feminino

Copa Verde de Futsal Feminino movimenta região das Montanhas Capixabas neste fim de semana

projetos-esportivos-dm

Projetos sociais esportivos em Domingos Martins oferecem vagas para crianças e jovens de 6 a 16 anos

dengue-em-mf

Marechal Floriano entra em alerta de alto risco com mais de 100 casos de dengue notificados

fungo-controlador

Estudo explica como um fungo pode controlar a principal praga que afeta o cultivo de milho

aedes-aegypti

Prevenção contra a dengue deve ocorrer também em propriedades rurais

saude-23-02-PMDM

Primeiras doses da vacina contra a dengue chegam a Domingos Martins

WhatsApp-Image-2024-01-24-at-13.56.47-2

O poder da comunicação ao promover a inclusão social