Governo autoriza obras nos parques estaduais da Pedra Azul e Cachoeira da Fumaça

Publicado em 24/11/2022 às 14:59

Compartilhe

Governo-autoriza-obras-nos-parques-estaduais-da-Pedra-Azul-e-Cachoeira-da-Fumaca

O governador do Estado, Renato Casagrande, assinou, na manhã desta quinta-feira (24), a Ordem de Serviço para obras nos Parques Estaduais da Pedra Azul, no município de Domingos Martins, e da Cachoeira da Fumaça, em Alegre. Ambos vão receber melhorias em infraestrutura e terão novas sedes. O investimento do Governo do Estado, por meio do Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema), é superior a R$ 7,5 milhões.

O Parque Estadual da Pedra Azul passará a ter uma sede própria, já que atualmente tem uma sede alugada, fora da área da Unidade de Conservação. Será construído um auditório, estrutura para lanchonete, escritório para a gestão e alojamento para pesquisadores. Além disso, as atuais estruturas do Centro de Atendimento ao Visitantes serão reformadas. O investimento previsto somente na unidade é de R$ 3,81 milhões.

Já no Parque Estadual Cachoeira da Fumaça, serão reformadas as atuais estruturas do Centro de Visitantes, do escritório da gestão, da guarita e do portal de entrada. Além disso, os banheiros para visitantes serão reformados e adequados com fraldário, além de contar com acessibilidade. Serão construídos ainda um centro de pesquisa com alojamento, cozinha e sala para triagem, um almoxarifado, garagem, auditório com capacidade para 80 pessoas e espaços para lanchonete e loja. O investimento é de R$ 3,72 milhões.

“São dois parques estaduais importantes, que recebem muitos visitantes e vão ampliar esse número com mais infraestrutura. Assim, vamos também preservar mais o meio ambiente. Neste momento, faço um alerta sobre a ocupação irregular do solo nessas regiões. Se quisermos ser um Estado referência na proteção dos recursos ambientais, nós temos que fazer nossa parte e não deixar tudo com o Governo Federal. Vamos seguir trabalhando forte na educação ambiental e também na fiscalização contra o desmatamento. Os parques são protegidos, mas representam apenas uma pequena parte”, pontuou o governador Casagrande.

O diretor-presidente do Iema, Alaimar Fiuza, explica que as obras visam ainda tornar os parques mais sustentáveis e abertos à população. “Além disso, as novas estruturas trarão melhorias nas condições de trabalho dos servidores e para pesquisadores. E o mais importante ainda é ter esses conjuntos de ativos que permitam que as Unidades de Conservação atendam melhor o público, tornando-se ambientalmente melhores, gerando riqueza e valor para o Estado e para as comunidades do entorno”, disse.

Também estiverem presentes, os prefeitos de Domingos Martins, Wanzete Kruger, e de Alegre, Nirrô Emerick; o secretário de Estado de Controle e Transparência, Edmar Camata; o diretor-presidente do Departamento de Edificações e de Rodovias (DER-ES), Luiz Maretto; o dirigente do Centro de Apoio Operacional da Defesa do Meio Ambiente (Caoa) do Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), promotor de Justiça Marcelo Lemos Vieira; os deputados Alexandre Quintino e Luciano Machado; além de secretários e vereadores.

Fonte: Iema/Governo ES

Veja também

Drymoluber-brazili_ThiagoMarcial-capa-2

Espécies raras de cobras são redescobertas no Espírito Santo depois de décadas

agro-04-03-incaper

Incaper e parceiros vão promover eventos para valorização e empoderamento da mulher rural

capa-coluna-vida-saudavel

Epidemia de obesidade afeta mais de 62,6% das mulheres no Brasil

mundo-04-03-Divulgacao-UNRWA

Israel aceita acordo de cessar-fogo por seis semanas, diz EUA

policia-04-03-Ayrton-Freire-Inter-TV-Cabugi

Fugitivos de Mossoró invadem galpão de fazenda e polícia faz cerco

dengue-ms

Espírito Santo recebe lançamento de campanha nacional contra a dengue

cafe-conefora

Café canéfora tem zoneamento de risco climático atualizado

agropecuaria

Crescimento da economia brasileira é impulsionado pela alta de 15% da agropecuária em 2023