Governador Renato Casagrande participa de seminário sobre mudanças climáticas no Rio Grande do Sul

Publicado em 25/11/2023 às 06:00

Compartilhe

Governador-Renato-Casagrande-participa-de-seminario-sobre-mudancas-climaticas-no-Rio-Grande-do-Sul

O governador do Espírito Santo e presidente do Consórcio Brasil Verde, Renato Casagrande, foi palestrante no Seminário “Realidade das Mudanças Climáticas: os desafios da Governança e da Reconstrução”, que foi realizado nessa quarta-feira (22) e nesta quinta-feira (23), em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. O evento também contou com a presença do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite.

O Seminário é uma iniciativa do Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul (MPRS) e contou com o apoio da Comissão de Meio Ambiente do Conselho Nacional do Ministério Público (CMA) e da Associação Brasileira dos Membros do Ministério Público de Meio Ambiente (ABRAMPA). Durante o seminário, foram abordados temas extremamente relevantes relacionados às mudanças climáticas e seus impactos socioambientais, tais como ciência do clima, desastres socioambientais, licenciamento ambiental e governança climática.

Segundo Casagrande, o Brasil tem se deparado com grandes desafios decorrentes das mudanças climáticas, mas tem uma grande oportunidade diante do enorme potencial de geração de energias renováveis.

“O Brasil, devido à sua dimensão, também está sofrendo as consequências do El Niño agravado pelas mudanças climáticas. Alguns locais, como o Rio Grande do Sul, estão enfrentando muitas chuvas, enquanto outros, como o Espírito Santo, estão experimentando uma escassez severa de chuvas. Isso tem causado situações que jamais imaginaríamos, como rios que são os maiores do mundo com níveis de água que nunca vimos antes. É crucial debatermos o tema das mudanças climáticas, pois é uma necessidade urgente. Já passou da hora de sairmos do diálogo e partirmos para a ação”, disse o governador.

Casagrande prosseguiu: “No Brasil, ainda enfrentamos dificuldades devido a problemas fiscais e falta de infraestrutura adequada. Os governos estaduais e municipais também enfrentam dificuldades financeiras, o que torna ainda mais desafiador lidar com esse tema. No entanto, estamos trabalhando por meio do Consórcio dos Governadores pelo Clima para que cada estado do país tenha seu próprio programa de mudanças climáticas. É importante que cada estado contribua para o compromisso de neutralidade de carbono até 2050. Além disso, é essencial ter planos de adaptação às mudanças climáticas em cada município, com sistemas de alerta adequados e investimentos em infraestrutura para prevenir desastres”.

O chefe do Executivo capixaba também destacou ações do Espírito Santo na adaptação às mudanças climáticas e a importância da ação conjunta do poder público para superar os desafios desse trabalho. “Estamos criando um plano de adaptação no Espírito Santo e incentivando a criação de consórcios locais para enfrentar esses desafios. Acredito que o Ministério Público pode desempenhar um papel importante apoiando e orientando os gestores municipais nessa questão. Temos uma grande oportunidade de desenvolver a economia verde e a transição energética no Brasil, mas precisamos trabalhar juntos para superar nossas dificuldades”, afirmou.

O Seminário “Realidade das Mudanças Climáticas: os desafios da Governança e da Reconstrução” contou com especialistas, representantes de governos e sociedade civil que discutiram estratégias e ações que fortaleçam a governança climática e promovam soluções sustentáveis para enfrentar os desafios.

Casagrande também representará o Brasil e o Espírito Santo na COP 28, que será realizada em Dubai, nos Emirados Árabes. Como presidente do Consórcio Brasil Verde, Casagrande vai realizar quatro painéis de debates, além de reuniões bilaterais para atingir os objetivos traçados para que o Espírito Santo se torne cada vez mais referência no tema ambiental.

Sobre o Consórcio Brasil Verde:

O Consórcio Brasil Verde é uma iniciativa que reúne governadores para promover ações conjuntas e compartilhar boas práticas relacionadas ao desenvolvimento sustentável e à mitigação dos impactos das mudanças climáticas.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Governo

Veja também

brasil-12-04-ft-secretaria-municipal-de-sao-sebastiao

Justiça liberta donos dos cães que atacaram a escritora Roseana Murray

geral-01-03-Luciano-Rocha-STJ

Manter foro privilegiado mesmo ao deixar cargo é voto da maioria no STF

cultura-12-04-ft-div

Fames celebra Semana da Voz com performances eruditas e populares de Jacob do Bandolim a Vivaldi

esportes-12-04-ft-div-gov-es

Remo Paralímpico do Vitória FC fatura ouro na 1ª regata de 2024

esportes-12-04-ft-divulg

Final do Capixabão 2024 será transmitida em varias emissoras neste sábado (13)

AGRO-12-04-FT-GOV-ES-DIVUL

Feira ES+Café promove imersão no universo da cafeicultura capixaba

geral-11-04-Reproducao-Banco-Central

Banco Central lança moeda de R$ 5 em comemoração ao bicentenário da constituição do pais

geral-11-04-freepik

Ifes lança editais com 1.045 vagas em cursos técnicos a distância e presencial