Golpe em Marechal Floriano: comerciantes recebem ligações e mensagens de suposto chefe do tráfico

Publicado em 13/09/2022 às 09:55

Compartilhe

Golpe-em-Marechal-Floriano

Texto: Julio Huber / Foto: Roberly Pereira/Acervo digital

Comerciantes de Marechal Floriano estão amedrontados desde o último fim de semana, quando começaram a receber ligações e mensagens de um homem que diz ser o chefe do tráfico no município. Algumas pessoas registram Boletim de Ocorrência (BO) no departamento da Polícia Militar.

Um comerciante, que pediu para não ser identificado, informou que recebeu uma mensagem em áudio, no final de semana, de um homem identificado como Laércio, que se diz chefe do tráfico de drogas no município. Ele questiona o comerciante se no local está sendo proibida a venda de drogas. Ele faz ameaças às famílias do dono do estabelecimento e pede para não impedir o tráfico no local.

No áudio enviado via WhatsApp, o homem inclusive fala o nome do proprietário do comércio. As mensagens são enviadas por um número de celular de Pernambuco. Em um áudio, em que o Montanhas Capixabas teve acesso, o homem reclama que o proprietário de um bar estaria prejudicando o tráfico de drogas.

“Aqui é Laércio, que comanda o tráfico em Marechal Floriano. Me explica uma coisa, o que está acontecendo com seu bar? Fiquei sabendo que estão acabando com o meu tráfico aí com a polícia. Porque você está tomando essa atitude? Vamos resolver essa situação da melhor forma ou vou ter que mandar uma pessoa até você?”, ameaça o homem.

Quando o comerciante fala que sempre foi contra as drogas, o homem enviou outro áudio, ainda mais agressivo, e aumenta o tom da voz. “Quer dizer que você combate as drogas? Eu sou traficante, entendeu. Eu sou do comando do tráfico daqui. Agora você está me informando que combate as drogas e o tráfico? Você está louco, meu amigo? Eu vou mandar resolver isso do meu jeito”, disse o suposto bandido, sempre se referindo ao dono do estabelecimento pelo nome.

Polícia Militar afirma que se trata de um golpe

“A população pode ficar tranquila que não existe comando de tráfico no município. Marechal Floriano tem segurança, aqui é a Polícia Militar (PM) e as forças de segurança que tomam conta”, afirmou o comandante da 6ª Cia da Polícia Militar, o major Edinei Balbino de Souza.

Ele comentou que a intenção dos áudios é fazer com que as pessoas façam pagamentos via Pix. “Se trata de um golpe, parecido com aquele em que os bandidos simulam sequestro de algum familiar e pedem dinheiro. O indivíduo pesquisa sobre comércios de alguma cidade na internet, busca os contatos e envia os áudio para vários comércios. No final, ele pede dinheiro par deixar as pessoas em paz”, informou o major Edinei Balbino de Souza.

Alguns comerciantes de Marechal Floriano procuraram a Polícia Militar, relatando as ameaças, que começaram no final de semana. No primeiro dia, cerca de cinco pessoas procuraram a polícia. “A sugestão é não transferir qualquer valor, e não dar continuidade às conversas pelo WhatsApp”, alertou o comandante da PM.

Veja também

agricultura-familiar

Governo e Assembleia anunciam investimento de R$5 milhões na Agricultura Familiar

Cooperativas-de-seringalistas-debatem-desafios-da-producao-de-borracha-no-ES

Cooperativas de seringalistas debatem desafios da produção de borracha no ES

Governador-anuncia-mais-66-novos-onibus-climatizados-para-o-Transcol

Governador anuncia mais 66 novos ônibus climatizados para o Transcol

sustentabilidade-es

Projeto Semeando com Sustentabilidade receberá investimento três vezes maior

inovacoes-es

Governo do Estado apresenta ações inovadoras durante o ESX 2024

fevesu-24

Favesu 2024 leva conhecimento sobre avicultura e suinocultura a milhares de participantes

brasil-14-06-ft-Rovena-Rosa

FAB encerra neste sábado recebimento de doações ao Rio Grande do Sul

esportes-14-06-ft-go-es

Paratleta capixaba conquista prata no World Series de natação na França