Fundador do Wikileaks, Assange vai se casar na prisão

Publicado em 12/11/2021 às 12:20

Compartilhe

104776


source
Julian Assange é acusado de 18 crimes no Reino Unido
Wikimedia Commons

Julian Assange é acusado de 18 crimes no Reino Unido

O fundador do Wikileaks, Julian Assange, e sua noiva, a advogada Stella Morris, receberam autorização da justiça britânica para se casar em uma cerimônia no presídio de Belmarsh, em Londres, informou Morris nesta sexta-feira (12).

“Eu estou aliviada, mas ainda irritada que um ação legal foi necessária para parar a interferência ilegal com nosso direito básico de nos casar”, escreveu ainda em sua conta no Twitter.

Assange está preso desde 2019 e está aguardando uma decisão do Supremo Tribunal do Reino Unido para saber se será extraditado ou não para os Estados Unidos.

No país, ele é acusado de 18 crimes diferentes relacionados à divulgação de documentos secretos que revelaram detalhes das missões do país no Afeganistão e Iraque. As penas totais somam 175 anos de detenção.

O casal se conheceu quando o australiano ainda vivia na Embaixada do Equador na capital britânica. Morris fazia parte da equipe jurídica de defesa de Assange e, desde então, tiveram dois filhos. 

Fonte: IG Mundo

Veja também

© Thais Magalhães/CBF/Direitos Reservados

Seleção feminina encerra temporada com título do Torneio de Manaus

© Samara Miranda/Remo/Direitos Reservados

Copa Verde: Paysandu e Remo empatam em clássico de tempos distintos

© Reuters/Carlos Osorio/Direitos Reservados

Pfizer: 1 milhão de doses chegam ao Brasil hoje

107575

Mega-Sena sorteia R$ 11 milhões nesta quarta; confira as dezenas

107573

EUA têm 10 milhões de vagas, mas não despertam interesse; entenda o porquê

© Edilson Rodrigues/Agência Senado

Plenário do Senado aprova indicação de André Mendonça ao STF

© ONU/Unaids/Divulgação

Atos no Rio marcam Dia Mundial de Luta contra a Aids

© Marcelo Camargo/Agência Brasil

Anvisa defende transparência e cooperação entre agências reguladoras