Frota cria PL para permitir demissão por justa causa em caso de recusa à vacina

Publicado em 15/11/2021 às 15:50

Compartilhe

105193


source
Alexandre Frota
Reprodução: iG Minas Gerais

Alexandre Frota

Ministério do Trabalho e Previdência publicou uma portaria, no início do mês de novembro, que proíbe empresas de demitirem funcionários por não tomarem vacina contra a Covid-19 ou pela falta de entrega do comprovante de vacinação. No entendimento do governo, a prática é discriminatória e não justifica uma demissão por justa causa. O deputado federal Alexandre Frota, no entanto, criou um Projeto de Lei (PL) para permitir que empresas públicas e privadas tomem a decisão. 

O deputado protocolou o PL na Câmara na semana passada, informa o colunista do portal Metrópoles, Igor Gadelha. Além de demitir, empresas poderão deixar de contratar “pessoas que não estejam devidamente em dia com sua carteira de vacinação do Programa Nacional de Imunização”.

“Não pode um funcionário, seja o cargo que ocupe, se recusar a sua imunização caso a empresa exija tal procedimento, sob pena de ser demitido por justa causa, pois caso um funcionário contraia uma doença por falta de cuidados da empresa, esta pagará por sua negligência”, diz Frota na justificativa da proposta.

Leia Também

Onyx Lorenzoni, ex-titular da pasta do Trabalho, defendeu a portaria no Supremo Tribunal Federal (STF) alegando que a medida causaria “demissão em massa de trabalhadores”.

Na sexta-feira (12/11), o ministro Luís Roberto Barroso, suspendeu parte da portaria.



Veja também

© Washington Alves/COB/Direitos Reservados

Basquete: Brasil derrota Chile nas Eliminatórias da Copa do Mundo

© Marcello Casal JrAgência Brasil

Covid-19: ministro anuncia proibição de voos oriundos de seis países

© Felipe Oliveira/EC Bahia/Direitos Reservados

Brasileiro: Bahia derrota Grêmio por 3 a 1 e deixa Z4

© Marcelo Camargo/Agência Brasil

Não há casos da nova variante identificados no Brasil, diz ministério

© Fernando Brito/MS

Fiocruz pede inclusão de BioManguinhos como produtor de IFA nacional

106933

Chineses ignoram governo e usam criptomoedas para mandar dinheiro para o Japão

106931

INSS: Normas temporárias para concessão de auxílio é constitucional, decide STF

106929

Campos Neto diz que inflação vai melhorar a partir de 2022