Flávio Bolsonaro assina PEC dos Combustíveis, criticada por Guedes

Publicado em 08/02/2022 às 09:51

Compartilhe

115783


source
Assinatura de Flávio gera indícios de apoio do governo à proposta
Roberto Jayme/Ascom TSE

Assinatura de Flávio gera indícios de apoio do governo à proposta

O senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro, assinou a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que permite uma ampla redução de impostos sobre os combustíveis. 

A proposta está sendo chamada na equipe econômica de “PEC Kamikaze” e de “PEC da Irresponsabilidade Fiscal” , porque pode ter um impacto de mais de R$ 100 bilhões para os cofres da União.

A PEC foi apresentada pelo senador Carlos Fávaro (PSD-MT) na semana passada e já conta com as assinaturas necessárias para tramitar no Senado.

Na segunda-feira, Flávio Bolsonaro enviou ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), um requerimento em que pede a adição da sua assinatura na proposta, classificada pela Casa como PEC 1/2022.

Para alguns integrantes do governo isso seria o sinal de que o presidente pode apoiar a medida, que segundo políticos teria a meta de gerar “bondades” a grupos de eleitores em um ano eleitoral, mas que pode representar um problema para as contas públicas.

Leia Também

A PEC permite que a União repasse até R$ 5 bilhões a estados e municípios, para projetos de mobilidade urbana que beneficiem idosos. Cria ainda um auxílio diesel de R$ 1,2 mil para caminhoneiros, eleva de 50% para 100% o subsídio ao gás de cozinha para famílias de baixa renda, e reduz impostos federais não só sobre os combustíveis, mas também sobre a energia elétrica.

Para auxiliares de Guedes, essa PEC tem potencial de “explodir tudo”, por conta do forte impacto sobre as contas públicas: aumentar o dólar, a inflação e os juros.

De acordo com integrantes da equipe econômica, o dólar estava dando sinais de arrefecimento — o que ajudaria uma queda nos preços, inclusive os de combustíveis. A negociação da PEC pode fazer esse cenário mudar, alertam auxiliares de Guedes.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. 

Neste momento, duas propostas tramitam no Senado e na Câmara e promovem a redução dos impostos sobre os combustíveis. O texto da Câmara é patrocinado pelo presidente Jair Bolsonaro, foi escrito na Casa Civil da Presidência da República e tem um impacto de R$ 54 bilhões. Já o texto do Senado é mais amplo e, por isso, é considerada um erro pela equipe econômica.

Veja também

detran-es

Detran|ES adequa sistema de Habilitação para emissão do novo modelo de CNH

Crimes-ambientais-sao-flagrados-e-embargados-em-Marechal-Floriano

Crimes ambientais são flagrados e embargados em Marechal Floriano

tapetes-corpus-cristi

Festa de Corpus Christi terá confecção de tradicionais tapetes nas ruas de Marechal Floriano

Atletas-de-taekwondo-de-Marechal-Floriano-e-Domingos-Martins-treinam-juntos-para-competicoes-1

Atletas de taekwondo de Marechal Floriano e Domingos Martins treinam juntos para competições

Afonsoclaudense-levanta-voo-rumo-ao-The-Voice-Brasil-2022

Cantor de Afonso Cláudio levanta voo rumo ao The Voice Brasil 2022

Professor-Molion-alerta-para-risco-de-geada-forte-no-final-de-julho

Professor Molion alerta para risco de geada forte no final de julho

Boatos-sobre-o-fechamento-do-hospital-de-Domingos-Martins-se-espalham-apos-afastamento-de-interventor

Boatos sobre o fechamento do hospital de Domingos Martins se espalham após afastamento de interventor

Sistema-de-fornecimento-de-agua-tratada-com-defeito-sera-reparado-em-Marechal-Floriano-1

Sistema de fornecimento de água tratada com defeito será reparado em Marechal Floriano