Feira dos Municípios 2023 é lançada em reuniões nas regiões turísticas do Estado

Publicado em 06/05/2023 às 10:38

Compartilhe

Feira-dos-Municipios-2023-e-lancada-em-reunioes-nas-regioes-turisticas-do-Estado

A Feira dos Municípios está de volta. O evento, que teve sua primeira edição nos anos de 1970, enfim volta após mais de 10 anos de hiato. Por muitos anos, a feira esteve no calendário oficial dos capixabas e, este ano, retorna para divulgar as potencialidades dos municípios capixabas.

As informações sobre o retorno da Feira foram repassadas aos municípios em duas reuniões regionais, a primeira ocorrida na manhã dessa terça-feira (02), no Polo da Universidade Aberta do Brasil (UAB) do município de Aracruz, e contou com a presença de representantes dos municípios da Região Turística do Verde e das Águas, da Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo (Aderes), da Associação dos Municípios do Espírito Santo (Amunes), do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e representantes da Dupla, empresa responsável pela organização do evento.

A segunda reunião aconteceu na tarde dessa quarta-feira (03), no Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) do município de Santa Teresa, e contou com a presença de representantes da Região Turística dos Imigrantes, além de representantes do Senac, Amunes, Aderes e do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes). No próximo dia 16, um encontro será realizado na Casa do Turista, em Pedra Azul, Domingos Martins, para os municípios das montanhas do Espírito Santo.

O secretário de Estado do Turismo do Estado, Weverson Meireles, comentou sobre o retorno da Feira. “A Feira dos Municípios é uma oportunidade de as cidades apresentarem suas potencialidades e oportunidades, além de empreendimentos e atrativos turísticos para investidores, imprensa e todos os frequentadores do evento. O capixaba está com saudade da feira dos municípios e sua importância”, comentou.

Weverson Meireles também ressaltou o desejo do governador do Estado, Renato Casagrande, em viabilizar o retorno do evento. “O retorno da feira foi idealizado pelo governador Renato Casagrande, que entende a importância do evento para colocar os municípios na vitrine para a busca de investimentos e desenvolvimentos das regiões”, afirmou o secretário.

O presidente da Amunes e prefeito de Ibatiba, Luciano Pingo, disse que o retorno da Feira dos Municípios é aguardado com entusiasmo pelos gestores municipais e por toda a população. Ele destacou a participação dos prefeitos nos dois encontros já realizados em Aracruz e Santa Teresa.

“Destaco e agradeço o envolvimento dos prefeitos neste momento de preparação e planejamento para a Feira dos Municípios, um dos eventos mais memoráveis do Estado, que dá a oportunidade de cada região apresentar seus potenciais e seus diferenciais turísticos, culturais e econômicos. Ao longo das próximas semanas, vamos continuar os encontros para contemplar todas as regiões turísticas do Espírito Santo”, ressaltou Luciano Pingo.

Para o diretor técnico da Aderes, Hugo Tofoli, a retomada da Feira dos Municípios é de extrema importância para os empreendedores que estão localizados nas mais diversas regiões do Estado. “Essa é uma grande oportunidade para que os municípios possam apresentar tudo o que tem de melhor, tanto pelo lado da gastronomia quanto pelo cultural. Esse, com certeza, vai proporcionar aos empreendedores a possibilidade de divulgar e vender seus produtos. É uma ação que conecta tudo o que tem de melhor em cada município com o público da Região Metropolitana”, afirmou Hugo Tofoli.

Sobre a Feira

A Feira dos Municípios 2023 será no Pavilhão de Carapina, no município da Serra, entre os dias 31 de agosto e 03 de setembro de 2023. O objetivo principal da Feira é destacar os pontos positivos de cada município do Espírito Santo, apresentando-os ao público de uma forma que valorize suas potencialidades econômicas, seus atrativos turísticos, as produções locais e a cultura de cada um.

A feira será organizada a partir de três eixos centrais. São eles: Negócios, que envolve a economia local de cada município; Cultura, com a exposição de tradições e artesanato locais; e Turismo, com a exibição da gastronomia, eventos e meios de hospedagem de cada município.

Nas reuniões, Fabrício Magnoni, da empresa Dupla, fez a apresentação técnica da feira, exibindo aos presentes a planta baixa do evento. Segundo Magnoli, a Feira contará com dois palcos e um coreto, com apresentações musicais e culturais, praça de alimentação com 2.340 metros quadrados para a comercialização exclusiva de cervejas artesanais capixabas.

Em outro momento, Magnoni falou aos presentes sobre a organização dos estandes de cada município na feira. Os estandes contarão com um espaço de 18 metros quadrados e estarão agrupados por regiões turísticas. Além disso, dentro do espaço de cada região haverá um espaço para degustação, onde os visitantes podem degustar a produção local de cada região.

Nas reuniões, também foi definido o prazo para que os municípios que desejam participar da Feira confirmem a presença, que é até o dia 23 de junho. A meta dos organizadores é ter a participação de 100% dos municípios.

Santa Teresa

Na reunião realizada em Santa Teresa, além das informações que também foram debatidas em Aracruz, o secretário do Turismo Weverson Meireles apresentou as ações da Secretaria do Turismo (Setur), incluindo editais de evento e fomento regional, Mapa do Turismo 2023 e os programas de capacitação.

Em outro momento, ocorreu a apresentação do secretário de Turismo da cidade de Goiás, que tem o mesmo nome do Estado, Rodrigo Borges Santana. Ele foi, inclusive, o secretário que transformou o munícipio, que não tinha investimentos no turismo, em patrimônio mundial da Unesco e uma das cidades mais procuradas por turistas de Goiás. Rodrigo Santana apresentou aos presentes o plano municipal da cidade de Goiás, além de como a criação da Instância de Governança na região do município goiano foi bem sucedida.

Próximas reuniões

As reuniões do dia 02 e 03 de maio foram efetuadas para as duas regiões turísticas do Estado, mas o objetivo dos organizadores da Feira é que 100% dos municípios capixabas participem do evento. Para viabilizar essa participação, foram agendadas reuniões com representantes das outras Regiões Turísticas do Espírito Santo, que acontecerão nas seguintes datas:

Serviço:

09/05 – Região Turística da Costa e da Imigração ADETURCI
Horário: 9 horas
Local: Céu das Artes, em Anchieta.

09/05 – Região Turística Sul Capixaba dos Vales e do Café
Horário: 16 horas
Local: Mercado Regional, Centro de Muqui.

15/05 – Região Turística do Caparaó Capixaba
Horário: 13 horas
Local: Auditório do IDAF, Alegre.

16/05 – Região Turística Montanhas Capixabas
Horário: 14 horas
Local: Auditório da Casa do Turista, Pedra Azul.

17/05 – Região Turística Caminhos do Café, Pedras e Cachoeiras
Horário: 13 horas
Local: Auditório Anton Fleishmann, Vila Pavão.

18/05 – Região Turística Doce Terra Morena
Horário: 16 horas
Local: CRAS de Montanha.

Fonte: Governo ES

Veja também

geral-22-02-agencia-Brasil

Receita abre consulta a lote residual do Imposto de Renda

brasi-22-02-defesa-civil-RS

Bolsa Família antecipa pagamento para municípios do Espírito Santo e Rio Grande do Sul

policia-22-02-gov-es-drones

Drones ampliam a segurança nos complexos prisionais do Espírito Santo

brasil-22-02-freepik-estudante

Caixa anuncia concurso com mais de 4 mil vagas para todo o Brasil

geral-22-02-freepik-estudante

Fies Social financia até 100% de encargos para estudantes de famílias do CAD Único

esporte-22-02-gov-es

Paratleta capixaba representa o Brasil em Mundial de natação na Austrália

policia-21-02-pces

Polícia Civil prende em flagrante suspeito de homicídio em Conceição de Castelo

policia-21-02-mf

Bicicleta e moto são furtadas e um micro-ônibus é arrombado em bairro de Marechal Floriano