Família Ruel é referência em produção de cafés especiais em São José do Calçado

Publicado em 26/12/2023 às 10:21

Compartilhe

incaper-26-12

O Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), com a equipe do escritório local no município de São José do Calçado, visitou a propriedade do agricultor familiar Leandro da Silva Ruel, que, há pouco mais de quatro anos, deu início à produção de cafés especiais e hoje é fonte de inspiração para os cafeicultores locais.

Leandro Ruel mora com a esposa Alessandra e seus filhos, Alerrandro (19 anos) e Pablo (09 anos). Junto à sua esposa e seu filho mais velho, ele produz cerca de 40 sacas de café anualmente, sendo 20% da produção destinada aos cafés especiais.

Para o extensionista do escritório local, Jean Moraes, o produtor rural Leandro Ruel é um cafeicultor que sempre confiou no trabalho do Incaper, sendo muito participativo em todas as ações realizadas pela unidade local do Incaper. “Trabalhamos para que os cafeicultores do nosso município alcancem o máximo de eficiência produtiva e busquem sustentabilidade, com aumento de qualidade e produtividade”, explicou.

A propriedade dos Ruel tem, aproximadamente, 01 alqueire (4,84 hectares), onde pode-se encontrar um arranjo produtivo sustentável, com diversificação de culturas, incluindo tangerina, laranja, limão, acerola, banana, olerícolas e café. Eles também estão entre as 30 propriedades contempladas no Projeto “Investimentos na Produção de Café Especial: Uma Nova Perspectiva para Região Sul e Caparaó Capixaba”, sob a coordenação da equipe de São José do Calçado, e financiamento da Secretaria da Agricultura, Aquicultura e Pesca (Seag), com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes).

“O projeto visa ao incentivo à produção de cafés especiais, por meio de orientação técnica, melhoria da estrutura de pós-colheita, como terreiros suspensos, insumos e maquinários, bem como na estruturação do laboratório de análise sensorial que atualmente recebe amostras de cafés de diversos municípios”, explicou Jean Moraes.

Em 2022, a família Ruel teve o café especial produzido apresentado na Semana Internacional do Café e, em 2023, o volume de cafés especiais acima de 85 pontos alcançou 4 sacas, um recorde para a propriedade que pretende alcançar pontuação e produção ainda maiores para 2024. “Agradeço muito pelo apoio do Incaper. A expectativa agora é aumentar a minha produção de café em até 50%, e a meta para a safra 2024 é alcançar os 87 pontos. Isso é o sonho de quase todo produtor rural”, disse Ruel.

O diretor-presidente do Incaper, Franco Fiorot, esteve na propriedade e pôde provar o café especial da família Ruel. “O exemplo dos resultados dessa propriedade é fruto de um trabalho exercido por profissionais qualificados da pesquisa e da extensão rural, que dão suporte aos produtores rurais no município. Assim é que conseguimos elevar os indicadores de qualidade de nossos cafés e dar a oportunidade de agregação de valor ao que é produzido. Dessa forma, o produtor rural consegue alcançar notas altas e ganhar novos mercados e oportunidades”, disse Fiorot.

Fonte/ Foto: Incaper

Veja também

politica-17-04-ft-Lula-Marques-Agencia-Brasil

Senado aprova PEC das drogas e texto vai para Câmara dos Deputados

cultura-17-04-gov-es

Festa da resistência dos povos indígenas tem início nesta sexta-feira em Aracruz

geral-17-04-ft-div-gov-es

Bandes promove leilão do Fundap nesta quarta-feira (17) em Vitória

saude-16-04-ft-div-gov-es

Ciatox realiza mais de 10 mil atendimentos em um ano no Espírito Santo

geral-16-04-ft-gv-es

Escola de Cachoeiro de Itapemirim inicia projetos com robótica educacional

brasil-16-04-freepik

Professores universitários estão mobilizados no Rio para definir greve

geral-16-04-pmmf

Pavimentação de estradas avança em Marechal Floriano

geral-16-04-freepik-2

Começou o prazo para solicitar isenção da taxa de inscrição do Enem