“Faltou uma comunicação clara sobre a crise hídrica”, diz especialista

Publicado em 21/10/2021 às 20:20

Compartilhe

101527


source
Crise hídrica é a pior dos últimos 91 anos
Redação 1Bilhão Educação Financeira

Crise hídrica é a pior dos últimos 91 anos

Em meio à pior crise hídrica do Brasil em 91 anos de monitoramento das bacias hidrográficas do país, de acordo com o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), faltou transparência no trato do problema, disse o Gerente de Energia Elétrica da ABRACE (A Associação dos Grandes Consumidores Industriais de Energia e de Consumidores Livres), Victor Iocca.

Segundo ele, a demora para adotar a bandeira de escassez hídrica na conta de luz pode até fazer sentido, mas faltou “comunicação clara” sobre as decisões que estavam sendo tomadas pelo Ministério de Minas e Energia.

“Faltou uma comunicação mais objetiva e antecipada. A gente já estava operando com o sistema muito mais caro do que a média desde outubro de 2020. O despacho de termelétricas estava altíssimo, isso custa muito e tem reflexo nas nossas tarifas”, explica.

Com isso, devido à política de repasse das empresas, o consumidor só sentiu depois de alguns meses, e muito. Em sembro passou a vigorar a nova tarifa que adiciona R$ 14,20 às faturas para cada 100 kW/h consumidos. De acordo com o texto divulgado pela agência, a previsão é que a nova bandeira permaneça em vigor até 30 de abril de 2022. A nova bandeira representa uma alta de 49,63%.

“Não precisávamos ter chegado nessa situação. Hoje o consumidor brasileiro está gastando mais de R$ 2 bilhões ao mês só para pagar termelétricas extras.”

Como solução, Iocca aponta que não há saída fácil e a solução passa por um plano de longo prazo. A redução voluntária de consumo, sugerida pelo presidente Jair Bolsonaro, é apenas “o primeiro passo”, mas poderia ter sido antecipado.

Veja:


Leia Também

Leia Também

Lives Brasil Econômico

Semanalmente, a redação do Brasil Econômico entrevista algum especialista para aprofundar um tema relevante do noticiário econômico. Sempre às quintas-feiras, as transmissões começam às 17h pela página do Facebook e pelo canal do iG no YouTube.




Veja também

© Marcelo Camargo/Agência Brasil

Covid-19: país tem 22,1 milhões de casos e 615,5 mil mortes

107939

Subida dos juros deve provocar desaceleração na economia, diz Guedes

© Marcelo Camargo/Agência Brasil

Ministério oferece mais de 21,5 mil vagas para Médicos pelo Brasil

107935

Em relatório preliminar, deputado destina R$ 16,2 bilhões para orçamento secreto

107933

Nova proposta de reforma trabalhista quer proibir motoristas de app na CLT

107931

Pais de autor de massacre em escola de Michigan são presos

107929

Biden e Putin farão reunião sobre tensões na Ucrânia

© Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Brasileiros devem redobrar cuidados no verão contra câncer de pele