EUA: comissão da Câmara pede abertura de acusação formal contra Trump

Publicado em 20/12/2022 às 16:38

Compartilhe

comissao-da-Camara-pede-abertura-de-acusacao-formal-contra-Trump

Denúncia se refere a invasão ao Capitólio por apoiadores do político, em 6 de janeiro do ano passado

A comissão da Câmara dos Estados Unidos recomendou que o Departamento de Justiça o acuse formalmente o ex-presidente Donald Trump por insurreição, obstrução de procedimentos oficiais, conspiração para promover fraude e por declarações falsas. A denúncia se refere a invasão ao Capitólio por apoiadores do político, em 6 de janeiro do ano passado.

As acusações não obrigam o Departamento de Justiça a tomar nenhuma ação, porém têm peso político em um contexto de uma candidatura de Trump em 2024. É a primeira vez na história do país que o Congresso pede que um ex-presidente seja denunciado criminalmente.

Apoiadores de Trump invadiram o prédio do Congresso americano em 6 de setembro de 2021 para tentar impedir que a eleição de Joe Biden fosse confirmada pelos representantes. Cinco pessoas morreram em decorrência deste episódio.

A deputada Liz Cheney afirmou, em discurso, que a atitude Trump  durante a invasão mostra que o republicano “não é apto para ocupar nenhum cargo”.

Fonte: Portal iG

Veja também

Drymoluber-brazili_ThiagoMarcial-capa-2

Espécies raras de cobras são redescobertas no Espírito Santo depois de décadas

agro-04-03-incaper

Incaper e parceiros vão promover eventos para valorização e empoderamento da mulher rural

capa-coluna-vida-saudavel

Epidemia de obesidade afeta mais de 62,6% das mulheres no Brasil

mundo-04-03-Divulgacao-UNRWA

Israel aceita acordo de cessar-fogo por seis semanas, diz EUA

policia-04-03-Ayrton-Freire-Inter-TV-Cabugi

Fugitivos de Mossoró invadem galpão de fazenda e polícia faz cerco

dengue-ms

Espírito Santo recebe lançamento de campanha nacional contra a dengue

cafe-conefora

Café canéfora tem zoneamento de risco climático atualizado

agropecuaria

Crescimento da economia brasileira é impulsionado pela alta de 15% da agropecuária em 2023