Estado forma novos especialistas em Saúde da Família e Comunidade

Publicado em 26/03/2023 às 11:23

Compartilhe

Estado-forma-novos-especialistas-em-Saude-da-Familia-e-Comunidade

O Governo do Espírito Santo promoveu a formação de cerca de 800 novos profissionais especialistas em Saúde da Família e Comunidade, nas áreas de Medicina, Enfermagem e Odontologia. Por meio da Secretaria da Saúde (Sesa) e do Instituto Capixaba de Ensino, Pesquisa e Inovação em Saúde (ICEPi), as especializações tiveram três anos de duração e foram viabilizadas pelo Provimento e Fixação de Profissionais, do Programa Estadual de Qualificação da Atenção Primária à Saúde (Qualifica-APS).

Ao longo dessa semana, foi realizada a I Mostra Integrada dos Trabalhos de Conclusão dos Cursos (TCCs), ocasião na qual os profissionais apresentam produtos de suas experiências, ideias de melhorias nos serviços e estudos de revisão sobre assuntos importantes para a APS. As apresentações aconteceram de forma remota, por meio de videoconferências. A mostra terminou nesta sexta-feira (24) e o público total estimado de participantes no evento foi de aproximadamente 1.200 pessoas.

A mostra foi aberta na última segunda-feira (20) pelo diretor do ICEPi, Fabiano Ribeiro. “O Provimento se consolida como uma das prioridades do Governo do Estado. É uma alegria formar centenas de profissionais e completar essa jornada!”, disse, destacando ainda a importância do Qualifica-APS na promoção da parceria entre o Estado e os municípios, visando à melhoria contínua da Atenção Primária.

Para a coordenadora do Provimento, Thaís Maranhão, o componente vem contribuindo para a reorganização de práticas de saúde, inovando em propostas de melhoria e ampliação dos serviços. “Vimos ao longo desta semana de apresentações, o resultado e esforço da sistematização de experiências e ideias desenvolvidas nos últimos três anos pelos profissionais”.

Inovação e saúde

Após a solenidade inicial, a programação do primeiro dia da Mostra Integrada dos TCCs seguiu com a aula magna “A Confluência entre Inovação e Saúde como Estratégia para se Esquivar do Mau Tempo”, que foi ministrada pela gerente de Inovação do ICEPi, Isabela Oliveira.

“Na gestão pública é possível diminuir a disparidade de acesso aos serviços de saúde. A inovação também exige uma capacidade de se maravilhar, para, então, mudar uma realidade que já está posta. Ao inovarmos qualificando esses serviços de saúde, conseguimos garantir aos cidadãos um acesso mais qualificado”, acrescentou a gerente. 

Qualifica-APS

O Programa Estadual de Qualificação da Atenção Primária à Saúde (Qualifica-APS) tem como objetivo promover a cooperação entre o Estado e os municípios, por meio do recrutamento, formação, remuneração e supervisão de profissionais para atuação na Atenção Primária.

Os grandes diferenciais do programa são a utilização de metodologias inovadoras de ensino, estimular iniciativas de pesquisas aplicadas ao SUS e diminuir a carência de profissionais em regiões de dificuldade de fixação, aumentando a oferta de profissionais de saúde no maior número de municípios.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Sesa

Veja também

geral-22-02-agencia-Brasil

Receita abre consulta a lote residual do Imposto de Renda

brasi-22-02-defesa-civil-RS

Bolsa Família antecipa pagamento para municípios do Espírito Santo e Rio Grande do Sul

policia-22-02-gov-es-drones

Drones ampliam a segurança nos complexos prisionais do Espírito Santo

brasil-22-02-freepik-estudante

Caixa anuncia concurso com mais de 4 mil vagas para todo o Brasil

geral-22-02-freepik-estudante

Fies Social financia até 100% de encargos para estudantes de famílias do CAD Único

esporte-22-02-gov-es

Paratleta capixaba representa o Brasil em Mundial de natação na Austrália

policia-21-02-pces

Polícia Civil prende em flagrante suspeito de homicídio em Conceição de Castelo

policia-21-02-mf

Bicicleta e moto são furtadas e um micro-ônibus é arrombado em bairro de Marechal Floriano