Espírito Santo é o estado que mais fiscaliza seu território de Mata Atlântica

Publicado em 30/05/2024 às 09:31

Compartilhe

geral-30-05-ft-freepik-mata

Foto: Freepik

Estado lidera o primeiro lugar, com 99,14% (2019 a 2023) no número de atendimento aos alertas emitidos, de acordo com MapBiomas.

Divulgado nessa terça-feira (28), em um evento nacional em Brasília, o Relatório Anual do Desmatamento – RAD 2023, produzido pelo MapBiomas, mostra o Espírito Santo com queda de 30,6% no número de hectares desmatados. O Estado também lidera o primeiro lugar com 99,14% (2019 a 2023) no número de atendimento aos alertas emitidos pelo MapBiomas, isto é, o Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf), responsável pela defesa florestal da Mata Atlântica capixaba, é o órgão no País que mais monitora, fiscaliza e coíbe o desmatamento ilegal do seu território.

Esse é o segundo relatório nacional com dados oficiais divulgado nesta semana, que mostra o Espírito Santo com queda no número de desmatamento ilegal. O Estado lidera o primeiro lugar com 99,14% de resposta aos alertas, ficando bem à frente do segundo e terceiro colocados, sendo Paraná, com 66.32%, e Rio de Janeiro, com 55,20%, no número de respostas.

Outra novidade é que o Espírito Santo também recebeu três notas A no RAD 2023, que considera os seguintes quesitos na avaliação: Disponibilidade dos dados de combate ao desmatamento no portal da transparência – Autuações e embargos; Formato dos dados disponibilizados e Georreferenciamento dos dados.

Para o diretor-geral do Idaf, Leonardo Monteiro, o que coloca o Espírito Santo em destaque é a forma como o trabalho é levado a sério pelos servidores do Idaf. “A nossa equipe é extraordinária, além do conhecimento técnico que os servidores têm, o que deve ser reconhecido é a seriedade e o compromisso em que desempenham o trabalho de defesa das florestas. O esforço dessa equipe, aliado aos investimentos do Governo do Estado, reflete neste resultado positivo que conquistamos”, destacou.

Melhorias

Ainda de acordo com Leonardo Monteiro, o Governo do Estado investiu R$16 milhões para a compra de veículos do modelo 4×4, computadores e cinquenta drones para fortalecer as fiscalizações do Idaf e avança para a compra de um novo sistema de monitoramento de toda a vegetação do Estado.

“Em breve, o governador do Estado, Renato Casagrande, irá inaugurar a Central de Monitoramento de Florestas na sede do Idaf, com tecnologia de ponta como quatro workstations e um videowall, que facilitam o acompanhamento em tempo ágil de qualquer mudança na vegetação do Espírito Santo, que foi adquirida com o apoio do Ministério Público do Espírito Santo. Mais uma ferramenta que irá facilitar a identificação dos pontos de desmate e os infratores, dando celeridade aos processos”, ressaltou Monteiro.

Fonte: Idaf

Veja também

agricultura-familiar

Governo e Assembleia anunciam investimento de R$5 milhões na Agricultura Familiar

Cooperativas-de-seringalistas-debatem-desafios-da-producao-de-borracha-no-ES

Cooperativas de seringalistas debatem desafios da produção de borracha no ES

Governador-anuncia-mais-66-novos-onibus-climatizados-para-o-Transcol

Governador anuncia mais 66 novos ônibus climatizados para o Transcol

sustentabilidade-es

Projeto Semeando com Sustentabilidade receberá investimento três vezes maior

inovacoes-es

Governo do Estado apresenta ações inovadoras durante o ESX 2024

fevesu-24

Favesu 2024 leva conhecimento sobre avicultura e suinocultura a milhares de participantes

brasil-14-06-ft-Rovena-Rosa

FAB encerra neste sábado recebimento de doações ao Rio Grande do Sul

esportes-14-06-ft-go-es

Paratleta capixaba conquista prata no World Series de natação na França