Espírito Santo atinge saldo de mais de 6 mil postos de trabalho em setembro

Publicado em 27/10/2021 às 15:59

Compartilhe

businesspeople-celebrating-success

Texto: Governo ES / Foto: Divulgação

O Estado do Espírito Santo registrou evolução no mercado de trabalho, no mês de setembro deste ano, com saldo de 6.089 empregos com carteira assinada, de acordo com dados divulgados, nesta terça-feira (26), por meio do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Previdência.

Desse total, o maior saldo foi no setor de Serviços (+2.382), seguido pela Indústria (+1.636), Comércio (+1.348) e Construção Civil (+855). Entre os setores analisados, a penas a Agropecuária registrou queda no saldo (-132).

O secretário de Estado de Inovação e Desenvolvimento, Tyago Hoffmann, comenta que as informações divulgadas por meio do Caged são um termômetro para as ações implementadas pelo Governo do Espírito Santo. “As políticas públicas do Estado que integram o Plano Espírito Santo – Convivência Consciente já tem efeito. As ações vão desde a concessão de linhas de crédito para empreendedores, desburocratização para abertura de empresas, incentivo à educação, a oferta constante de cursos de qualificação gratuitos em todas as regiões do Estado, este conjunto se reflete, a cada mês, nos principais indicadores econômicos. Nos fornecem um retrato atualizado da economia capixaba”, disse.

Entre as atividades que mais empregaram no Espírito Santo no período analisado estão aquelas voltadas a produção de bens e serviços industriais, vendedores do comércio em lojas e mercados, serviços administrativos e técnicos de nível médio. Do total de 6.089 vagas de empregos, 3.039 das oportunidades foram ocupadas por jovens da faixa etária de 18 a 24 anos.

“Ficamos muito felizes em ver o destaque na admissão de jovens, com mais da metade do saldo em empregos ocupado por esta faixa etária. Para conquistarem estas oportunidades, nossos jovens precisam de qualificação. Outro número interessante da pesquisa é a colocação alcançada por técnicos de nível médio. Esses resultados refletem claramente os impactos da política de Educação Profissional do governador Renato Casagrande, cujas ações são coordenadas pela Secretaria de Inovação e Desenvolvimento, por meio da oferta de qualificação profissional e técnica com o nosso programa Qualificar ES e as escolas técnicas estaduais”, pontuou o secretário.

Plano Espírito Santo — Convivência Consciente

O Plano Espírito Santo — Convivência Consciente é um conjunto de ações envolvendo órgãos do poder público e do setor produtivo para promover o desenvolvimento econômico e priorizando as pessoas, com o objetivo de reduzir os impactos sofridos pela população capixaba em decorrência da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19).

Além da estimativa de criação de mais de 100 mil vagas de emprego, são previstos quase R$ 33 bilhões em investimentos do Governo do Estado, Federal e do setor privado até o final de 2022.

O Plano é resultado de um grande pacto que foi selado entre o poder público e o setor produtivo para o enfrentamento dos desafios impostos pela pandemia, exigindo que as ações sejam executadas a partir de uma visão interdisciplinar e multisetorial, com foco em respostas inovadoras.

Veja também

© Washington Alves/COB/Direitos Reservados

Basquete: Brasil derrota Chile nas Eliminatórias da Copa do Mundo

© Marcello Casal JrAgência Brasil

Covid-19: ministro anuncia proibição de voos oriundos de seis países

© Felipe Oliveira/EC Bahia/Direitos Reservados

Brasileiro: Bahia derrota Grêmio por 3 a 1 e deixa Z4

© Marcelo Camargo/Agência Brasil

Não há casos da nova variante identificados no Brasil, diz ministério

© Fernando Brito/MS

Fiocruz pede inclusão de BioManguinhos como produtor de IFA nacional

106933

Chineses ignoram governo e usam criptomoedas para mandar dinheiro para o Japão

106931

INSS: Normas temporárias para concessão de auxílio é constitucional, decide STF

106929

Campos Neto diz que inflação vai melhorar a partir de 2022