Espírito Santo assume quarta posição no ranking nacional de sustentabilidade ambiental

Publicado em 01/09/2023 às 09:57

Compartilhe

desenvolvimento-sustentavel

Foto: Freepik

O Espírito Santo subiu cinco posições no ranking nacional de sustentabilidade ambiental. Os dados foram divulgados por meio do Ranking de Competitividade dos Estados 2023, elaborado pelo Centro de Liderança Pública (CLP). Os bons resultados reforçam a importância dos investimentos realizados pelo Governo do Estado no meio ambiente.

Atualmente, o Estado ocupa a quarta posição no Brasil, a melhor desde o ano de lançamento do ranking, em 2015. O Espírito Santo teve saldo positivo na emissão de CO2 e conseguiu melhorar a destinação do lixo. Também reduziu a perda de água e a velocidade do desmatamento.

Neste ano, a Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Seama) passou por uma reformulação e contou com um aumento nos investimentos. Para o secretário de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Felipe Rigoni, os resultados mostram que os investimentos realizados seguem dando resultados positivos.

“O governador Renato Casagrande tem no meio ambiente uma das pautas prioritárias e queremos ser referência no Brasil. Estamos trabalhando em uma série de projetos na Secretaria e queremos subir ainda mais no ranking. Acreditamos que a geração de renda e a preservação ambiental podem caminhar de forma conjunta, e queremos mostrar ainda mais a importância da sustentabilidade”, destacou Felipe Rigoni.

Recentemente, a Seama lançou o novo Edital do Reflorestar, que é o maior programa de Pagamento por Serviços Ambientais (PSA) do Brasil, além do decreto de Hidrogênio Verde, o Programa Capixaba de Mudanças Climáticas, o Plano de Descarbonização e o Pet Vida, o programa estadual de bem-estar animal.

Ranking de Competitividade

O Ranking de Competitividade dos Estados é uma ferramenta já conhecida e de grande relevância, que visa a apoiar os líderes públicos brasileiros nas tomadas de decisão, com foco na melhoria da gestão dos seus estados.

Os 99 indicadores adotados e avaliados no Ranking de Competitividade dos Estados foram utilizados como forma de mensuração de dois conjuntos de avaliação em sustentabilidade bastante conhecidos e validados no mercado: os critérios ESG e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável propostos pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Fonte: SEAMA

Veja também

geral-22-02-Joedson-Alves-agencia-Brasil-1

Prazo termina amanhã e quase 50% dos MEIs não enviaram declaração anual

GATRONOMIA-2

Receita de “Falso” pudim de morangos

mat-paga-29-05-Comercial-Delpupo-capa-1

Empresa promove treinamento para profissionais da construção de Afonso Cláudio

cultura-29-05-ft-div-carnaval-veneza

Festival da cultura italiana na Praça do Papa recebe Carnaval de Veneza

geral-29-05-ft-Gov-ES-equipe-bombeiros

Espírito Santo envia quarta equipe de bombeiros para Rio Grande do Sul

politica-29-05-ft-Wilson-Dias-presos

Congresso derruba veto de presidente e volta a proibir “saidinha” de presos

saude-29-05-ft-div-gov-es-doacao-orgaos

Hospital Estadual de Urgência e Emergência ‘São Lucas’ realiza captação múltipla de órgãos

cultura-29-05-ft-Julio-Huber-Corpus-Crist

Tapetes coloridos e shows para comemorar Corpus Christi em municípios das montanhas