ES recebe alertas de chuva forte

Publicado em 21/01/2023 às 13:48

Compartilhe

A closeup shot of a window on a rainy day, raindrops rolling down the window

Imagem de wirestock no Freepik

O Instinto Nacional de Meteorologia (Inmet) divulgou nesta sexta-feira (20), dois alertas de chuvas forte e ventos fortes. Os alertas são classificados em perigo (na cor laranja), e potencial perigo (na cor amarela). Os alertas são válidos até sábado (21) e podem ser renovados.

34 cidades capixabas estão no alerta laranja. Nestas cidades, de acordo com o Inmet, o volume de chuva pode chegar a 60 mm/h ou 100 mm/dia. Os ventos intensos devem variar entre 60-100 km/h. Há risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

Outros 50 municípios do Espírito Santo receberam alerta amarelo. O acumulado de chuva nestas cidades pode chegar a 30 mm/h ou 50 mm/dia. Os ventos intensos variam entre 40 e 60 km/h.

Ainda de acordo com o Inmet, o que tem provocado o tempo úmido e abafado, é a atmosfera fortemente instável, o que pode trazer volumes expressivos de chuva para a Região Sudeste.

Clique aqui para conferir as cidades que receberam alertas de chuva

Fonte: DiárioES

Veja também

agro-30-05-ft-freepik-agro-familia

Coop apresenta demandas para o Plano Safra da Agricultura Familiar

geral-30-05-ft-freepik-mata

Espírito Santo é o estado que mais fiscaliza seu território de Mata Atlântica

geral-22-02-Joedson-Alves-agencia-Brasil-1

Prazo termina amanhã e quase 50% dos MEIs não enviaram declaração anual

GATRONOMIA-2

Receita de “Falso” pudim de morangos

mat-paga-29-05-Comercial-Delpupo-capa-1

Empresa promove treinamento para profissionais da construção de Afonso Cláudio

cultura-29-05-ft-div-carnaval-veneza

Festival da cultura italiana na Praça do Papa recebe Carnaval de Veneza

geral-29-05-ft-Gov-ES-equipe-bombeiros

Espírito Santo envia quarta equipe de bombeiros para Rio Grande do Sul

politica-29-05-ft-Wilson-Dias-presos

Congresso derruba veto de presidente e volta a proibir “saidinha” de presos