Entregadora enfrenta cão bravo para salvar jovem com cachorro de estimação

Publicado em 23/12/2021 às 21:50

Compartilhe

110320


source
Jovem salva cachorro de ataque e quase é atacada também
Reprodução/Youtube

Jovem salva cachorro de ataque e quase é atacada também

Uma jovem moradora de Las Vegas, nos Estados Unidos, saiu no portão da casa onde mora e, ao avistar um cachorro na rua, o chamou e começou a fazer carinho no cão que parecia dócil. Para a surpresa da jovem, o cachorrinho de estimação, chamado Max, acabou saindo pela porta e indo até a direção da tutora, foi aí que o comportamento do outro animal mudou completamente.

No vídeo gravado pela câmera de segurança mostra o momento em que o cão que estava na rua começa a atacar o cachorro menor, que imediatamente é resgatado pela dona, que passa a também ser atacada pelo animal furioso, que estava tentando agarrar o cachorro em seus braços.

A jovem gritava desesperada quando uma jovem entregadora, de 19 anos, aparece correndo para ajudá-la, até que consegue entrar de volta para casa, deixando o cachorro furioso do lado de fora.

O vídeo pode ser visto abaixo:

A entregadora foi identificada como Stephanie Lontz, sendo considerada uma heroína, ela foi entrevistada por uma equipe de TV, que promoveu o reencontro entre a jovem que foi atacada e a entregadora que a salvou.

Apesar do susto, nem a tutora, nem o cachorro, sofreram quaisquer ferimentos.

Fonte: IG PET

Veja também

© Rovena Rosa/Agência Brasil

Saúde: 53 milhões de brasileiros estão aptos a tomar dose de reforço

114688

Conta de luz terá bandeira verde em fevereiro para os mais pobres

© Fabio Rodrigues-Pozzebom/Agência Brasil

Recursos para programas sociais triplicaram, diz ministro da Cidadania

© Tânia Rêgo/Agência Brasil

Covid-19: Brasil bate 25 milhões de casos de infectados

114682

Governo pagará bolsas a jovens e desempregados acima de 50 anos

114680

Petrobras e “Odebretch” desistem de oferta e ação da Braskem sobe 10%

114678

Aprenda a fugir de golpes em 5 passos

© Rovena Rosa/Agência Brasil

Anvisa alerta sobre diferença de vacinas pediátricas contra a covid-19