Enem: quais foram os temas de redação desde 2012?

Publicado em 10/11/2022 às 16:36

Compartilhe

quais-foram-os-temas-de-redacao-desde-2012

Exame aplicado em 2021 teve como tema do texto “Invisibilidade de registro civil”

Os estudantes brasileiros começarão a realizar o  Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) no próximo domingo (13). Neste primeiro dia serão respondidas questões sobre linguagens e ciências humanas. Além disso, eles deverão escrever uma redação. 

E, assim como em todas as edições da prova, é gerada uma grande expectativa acerca do tema base para que os estudantes escrevam a redação. Mas, como o assunto só é revelado no dia do exame, resta aos alunos saberem quais foram os temas das últimas edições. 

Confira, a seguir, os temas das redações desde 2012:

2012 –  Movimento imigratório para o Brasil no século 21

2013 –  Efeitos da implantação da Lei Seca no Brasil

2014 –  Publicidade infantil em questão no Brasil

2015 –  A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira

2016 –  Caminhos para combater o racismo no Brasil

2017 –  Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil

2018 –  Manipulação do comportamento de usuário pelo controle de dados na internet

2019 –  Democratização do acesso ao cinema no Brasil

2020 –  O estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira

2021 –  Invisibilidade e registro civil: garantia de acesso à cidadania no Brasil

Detalhes sobre a redação do Enem

Os estudantes precisam produzir um texto no formato de dissertação-argumentativa que conte com introdução, argumentos que defendam um ponto de vista e conclusão.

A pontuação neste recorte do Enem vai de zero a mil. Os candidatos que zeram a prova não podem participar de programas como o Sistema de Seleção Unificada ( Sisu ), que oferece vagas em instituições públicas de ensino superior, ou o Programa Universidade para Todos ( ProUni ), que concede bolsas de estudo em instituições privadas de ensino superior.

As redações do são avaliadas em cinco competências, cada uma valendo 200 pontos: demonstrar domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa; compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo em prosa; selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista; demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação; e elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Entre os motivos que podem levar o estudante a zerar na redação , estão fuga total ao tema, texto com até sete linhas manuscritas, qualquer que seja o conteúdo, assinatura, nome, iniciais, apelido, codinome ou rubrica fora do local devidamente designado para a assinatura do participante e folha de redação em branco, mesmo que haja texto escrito na folha de rascunho.

Fonte: Portal iG

Veja também

Drymoluber-brazili_ThiagoMarcial-capa-2

Espécies raras de cobras são redescobertas no Espírito Santo depois de décadas

agro-04-03-incaper

Incaper e parceiros vão promover eventos para valorização e empoderamento da mulher rural

capa-coluna-vida-saudavel

Epidemia de obesidade afeta mais de 62,6% das mulheres no Brasil

mundo-04-03-Divulgacao-UNRWA

Israel aceita acordo de cessar-fogo por seis semanas, diz EUA

policia-04-03-Ayrton-Freire-Inter-TV-Cabugi

Fugitivos de Mossoró invadem galpão de fazenda e polícia faz cerco

dengue-ms

Espírito Santo recebe lançamento de campanha nacional contra a dengue

cafe-conefora

Café canéfora tem zoneamento de risco climático atualizado

agropecuaria

Crescimento da economia brasileira é impulsionado pela alta de 15% da agropecuária em 2023