Dia da Saúde Ocular: saiba mais sobre os cuidados para evitar doenças dos olhos

Publicado em 10/07/2017 às 14:32

Compartilhe

A visão é um dos mais importantes meios de comunicação com o ambiente, pois, aproximadamente 80% das informações que recebemos são obtidas através dos olhos. Segundo a Agência Internacional de Prevenção à Cegueira, órgão associado à Organização Mundial da Saúde (OMS), no Brasil uma pessoa com mais de 80 anos aumenta em até 30% o risco de ficar cega. Além disso, mais de 100 mil crianças brasileiras possuem algum tipo de deficiência visual.

Nessa segunda-feira (10), em que se comemora o dia da Saúde Ocular. Campanhas em todo Brasil chamam a atenção para alguns cuidados que precisam ser observados para proteção dos olhos.

Cuidados são fundamentais para evitar doenças nos olhos

Por ser um dos sentidos mais importantes do corpo humano, a visão requer alguns cuidados e, principalmente, no que diz respeito a prevenção, a fim de se evitar as doenças oculares.

Para isso, visitas periódicas ao oftalmologista devem fazer parte da rotina de qualquer pessoa. Por meio de exames clínicos e testes complementares tais como a medida da acuidade visual, exame de refração (avaliação de grau de óculos), aferição da pressão intraocular e avaliação do fundo de olho (mapeamento de retina), dentre outros, pode-se detectar precocemente alterações oculares que requeiram tratamento médico, prevenindo-se assim complicações que possam levar à cegueira.

No entanto, cada vez mais as pessoas estão expostas a situações que possam prejudicar a visão, por exemplo o uso indiscriminado de computadores, tablets e smartphones. A maior exposição a esses equipamentos têm gerado como principal consequência sintomas de olho seco.

De acordo com a referência técnica em Oftalmologia da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), Elane Dellacqua Passos, o uso desses equipamentos deve ser, quando possível, limitado. Ela orientou que quando houver necessidade do uso desses dispositivos, deve-se respeitar a ergonomia e a distância de trabalho adequadas.

“Também é preciso dar intervalos de descanso a cada uma hora e meia, aproximadamente, de uso contínuo de tais equipamentos, fechando os olhos ou levando o olhar para distante das telas por pelo menos cinco a 10 minutos”, disse.

Outro cuidado que se deve ter com a saúde ocular é o tempo de permanência em ambientes fechados e com aparelhos de ar-condicionado. Segundo Elane, os equipamentos de ar-condicionado levam à diminuição da umidade do ar e isso, combinado à redução da freqüência do piscar dos olhos durante o trabalho, em frente a telas de computador, pode levar ao ressecamento ocular e irritação dos olhos. “As pessoas que tiverem a sensação de ressecamento ocular devem fazer uso de colírios lubrificantes, sempre com orientação de um oftalmologista.”

Sintomas

É preciso ficar atento aos sintomas que os olhos apresentam, mostrando que algo está errado. Diminuição da visão, sensação de areia nos olhos, olho seco, vermelhidão ocular, prurido ocular (coceira), lacrimejamento, secreção ocular, estrabismos (desvios) ou visão em duplicidade, dores oculares, aumento da frequência do aparecimento de terçóis, são alguns desses sintomas.

“No entanto, há algumas doenças silenciosas, de curso crônico que não levam a sintomas exceto quando em estágios avançados, como é o caso do glaucoma de ângulo aberto”, ressaltou.

Nas crianças, dentre as doenças oftalmológicas que mais as atingem estão: erros de refração (grau) levando a ambliopia se não corrigidos (visão baixa de um ou em ambos os olhos), traumas oculares, tumores, cataratas congênitas dentre outros.

Já em jovens e adultos temos os traumas oculares, erros de refração (grau), cataratas, glaucoma, sequelas de doenças vasculares, tais como retinopatias diabética e hipertensiva, tumores.

Nos idosos ocorrem degeneração macular relacionada à idade (DMRI), cataratas, glaucoma, sequelas de doenças vasculares, tais como retinopatias diabética e hipertensiva, tumores.

Serviços oftalmológicos de cirurgias e atendimento de média e alta complexidade oferecidos pelo Governo do Estado. Para acessar estes serviços, o paciente deve ir até a Unidade de Saúde mais próxima de sua casa onde será encaminhado para o especialista.

– CRE Metropolitano
– CRE Cachoeiro de Itapemirim
– CRE São Mateus
– CRE Colatina
– Hospitais filantrópicos e hospitais com contrato de prestação de serviços oftalmológicos para o Governo do Estado.

Serviços para atendimento de urgências oftalmológicas oferecidos pelo Governo do Estado:

– Hospital Estadual São Lucas
– Hospital Estadual Infantil de Vitória

Veja também

cultura-19-07-ft-div-familia-lima

Família Lima se apresenta hoje (19) no Festival de Inverno de Domingos Martins

turismo-19-07-ft-gov-es-grupo-teatro-Gota-Po-e-Poeira

Grupo teatral Gota, Pó e Poeira participa de festival nacional em Minas Gerais

GATRONOMIA

Receita de Nhoque de inhame

agro-19-07-ft-div-sinfagres-1

Inscrições abertas para o Seminário de Defesa Agropecuária do Espírito Santo

policia-19-07-ft-gov-es-procon-es

Procon-ES apreende mais de 100 quilos de produtos vencidos em supermercados na região do Caparaó

saude-19-07-ft-gov-es

CRE Metropolitano atende mais de 3,9 mil usuários dentro do Programa de Órtese Oftalmológica em três meses

esportes-19-07-ft-divulgacao-paratleta-capixaba

Espírito Santo conquista 25 medalhas no Circuito Loterias Caixa de Natação Paralímpica

mat-paga-esporte-19-07-ft-freepik-torcida-argentina

Após título da Argentina, como está o ranking de conquistas da Copa América?