ARTE

Arte, Crônicas e Poesia

Crônica: O dom de desenhar

Publicado em 17/07/2023 às 09:10

Compartilhe

arte-e-cronica

Cada um tem um dom, um presente de Deus, para deixar registrado na Terra, durante a sua passagem, como lembrança, como legado. O dom que é dado nunca será tirado, pode ficar esquecido, guardado, se quem o possui não colocar em prática, seria como se a pessoa recusasse uma dádiva, o que seria uma desfeita a Deus, visto que ele escolhe com muito carinho e cuidado, o que cada um de nós irá receber. 

Para alguns Ele deu o dom da voz, pessoas que cantam, e encantam com canções como se fossem anjos, soprando bençãos em nossos ouvidos. O dom da fala, que vem em seguida, a pessoa não canta, mas consegue com suas palavras convencer uma multidão, com sua lábia bem estruturada.  

Outros têm o dom da escrita, as ideias brotam como água limpa de uma nascente, o que o escritor tem que fazer é só deixar que ela flua, e siga para o seu destino, para o leito do rio, que irá desaguar no mar das pessoas que amam literatura. 

O dom da pintura, tintas e pincéis são meros instrumentos nas mãos ágeis de um pintor, que enxerga numa simples tela branca, um universo inteiro a ser desvendado, nas mais diversas cores e formas. Retratos, paisagens, imagens abstratas, pois um pintor não precisa explicar a sua criação, cada um interpreta com o seu sentimento, e enxerga com o seu coração. 

Amigo bem próximo da pintura, temos o dom de desenhar. Em determinado tempo, ele pode chegar antes, preparando o terreno para o pintor, como seu fosse um mapa a ser seguido, outras vezes o desenho nasce de forma que o desenhista não espera, e não há lugar certo para ser feito, pedra, papel, parede, onde tenha espaço para a criação, ali ele estará! 

Pode ser uma foto que você gostou, e deseja deixar mais estilizada, personalizada com a sua impressão daquele click mágico que foi capturado pela lente da câmera. 

Desenhar é uma arte milenar, nossos ancestrais já deixaram suas marcas para que as gerações vindouras pudessem conhecer a sua cultura. Uma forma de linguagem que os homens pré-históricos inventaram, como uma maneira de se comunicar, mesmo que ainda não soubessem falar. 

Os desenhos servem para expressar sentimentos, principalmente em crianças, de acordo com estudos psicológicos, a criança consegue demonstrar em seus desenhos o que estão sentindo, seguras e confortáveis quando os desenhos são grandes, enquanto desenhos pequenos mostram que estão reflexivas, sem confiança, ou que precisam de espaço menor para se expressarem. São terapêuticos, e relaxantes também. Pessoas que desenham conseguem desviar a mente dos problemas, canalizando sua energia na criatividade. Faz bem para a saúde, colorir, rabiscar, desenhar de forma livre, aumenta o fluxo sanguíneo em determinadas partes do cérebro, gerando uma gostosa sensação de ver concretizada, a sua criação. 

Se for entrar no campo das benesses que a arte de desenhar nos proporciona, uma única crônica seria pouco, são inúmeros os benefícios, tais como: melhoria da coordenação motora, da percepção visual, ajuda no desenvolvimento do lado direito do cérebro, além de elevar sua autoestima, e ampliar seu conhecimento sobre a arte. 

Desenhar é tão relevante, que em determinados testes psicológicos ou psicotécnicos, usa-se o desenho como uma forma de identificar traços da personalidade de quem está sendo avaliado, suas habilidades mentais e cognitivas.  

Com vários sinônimos a palavra desenhar, pode ser, esboçar, estampar, ilustrar, traçar, riscar e rabiscar. Usarei rabiscar como exemplo que usamos com frequência em nossas vidas. Quantas vezes desenhamos um projeto e não conseguimos cumprir, restando a opção de apagar, e tentar novamente. Dessa vez com a certeza que dará certo, mas infelizmente, também não funciona. Nas relações amorosas, rabiscamos muito, sempre que o desenho não agrada os parceiros, podemos apagar, pedir perdão, e um novo desenho criar. O problema é que algumas marcas ainda ficarão registradas. 

E assim rabiscando e apagando, vamos vivendo nossas vidas, com ou sem o dom de desenhar, cada um criando imagens de dias melhores, e apagando ao fim do dia, quando o desenho não está de acordo com o esperado, ou do seu totalmente fora do seu agrado… 

Veja também

agro-28-05-ft-divulgacao-seag

Governador abre a colheita do café arábica em Marechal Floriano

WhatsApp-Image-2024-01-24-at-13.56.47-3

A comemoração dos 489 anos de Vila Velha teve show de inclusão e do Alemão do Forró

turismo-28-05-ft-divulgacao-setur

Projeto transforma Estrada de Ferro Leopoldina em polo turístico no Espírito Santo

mundo-27-05-ft-FRT-papa-guine

Mais de 2.000 foram soterrados em deslizamento em Papua-Nova Guiné

mat-paga-mundo-27-05

Dicas Infalíveis para Encontrar o Melhor Site de Poker: Uma Análise Profunda

politica-27-05-ft-Tania-Rego

Senado retoma debate de PEC que pode privatizar praias

brasil-27-05-ft-Rafa-Neddermeyer-alunos-enem

Inscrições para o Enem 2024 começam hoje

mat-paga-27-05-Sebrae

Prêmio Sebrae Prefeitura Empreendedora: conheça os vencedores

Últimos artigos de Arte, Crônicas e Poesia