ARTE

Arte, Crônicas e Poesia

Crônica: “Esse chato sou eu!”

Publicado em 31/03/2023 às 15:19

Compartilhe

Colunas-Montanhas2_Artes

CHATO”, pela definição dos inúmeros dicionários consultados, é um adjetivo e substantivo masculino – Que ou quem aborrece ou incomoda = Aborrecido, azucrinante, cansativo, desagradável, enfadonho, enfastiante, inconveniente, impertinente, importuno, insistente, intrometido, irritante, maçante -. E pelas gírias populares – enjoado, pentelho, pé-no-saco, pela saco – pelos cariocas – peguento – pessoa grudenta, pelos baianos -, entojado – pelos mineiros – chinelo – pelos gaúchos -, e também o famoso desmancha rodinha, ou espalha bolinho -. Em resumo, esse chato sou eu! E vou enumerar os motivos:

– sou o chato, o filho caçula, que não batia idade com os irmãos, e tinha que ser arrastado pra lá e pra cá, até crescer um pouco mais e tomar conta de mim mesmo;

– sou o chato que quando criança não sabia jogar bola, ninguém me escolhia pra time nenhum, e a única vez que me deixaram jogar, fiz gol contra, por não saber direito as regras do jogo, creio que por isso até hoje não gosto de futebol!

– sou o chato que sentava na frente na sala de aula, e gostava de copiar todas as matérias, e depois emprestava os cadernos para aqueles que assim me chamavam, e que nunca copiavam nada…

– sou o chato que desde pequeno tinha muitas dores de cabeça, e vivia reclamando, e que só foi descoberto bem mais tarde, já na idade adulta, que se tratava de enxaqueca. E depois quando dizia que tinha crises de dores, ouvia as pessoas falarem que enxaqueca é frescura…

– sou o chato que pergunta a mesma coisa, para ter certeza que entendi direito;

– sou o chato com mania de organização, e quando alguém mexe, tirando alguma coisa do lugar, eu consigo identificar;

– sou o chato que não gosta de sol, prefere dias chuvosos para ficar em casa, lendo e ouvindo músicas;

– sou o chato que não gosta de agitação, por me sentir perdido no meu da multidão;

– sou o chato para comer, a minha família reclama, dizendo que tenho que provar sabores diferentes, mas assim como eu, tem muita gente que não gosta;

–  sou o chato que fica entrando em contato com os poucos amigos que tenho, e os demais colegas de trabalho ou conhecidos, solicitando os mais diversos favores. Principalmente para repassar os textos, ou vídeos dos meus escritos, e sem poder oferecer muito em troca, por não ter tantos talentos manuais;

– sou o chato que mesmo depois de enviar os textos, solicito que repassem para os amigos ou grupos de pessoas que gostam de literatura, para ajudar na divulgação dos livros que estou participando como autor;

– sou o chato que não sabe mexer muito com os programas de computador, para edição de vídeos, até aprender tenho que ficar pedindo para me ajudarem…

– sou o chato que fico perguntando ao amigo que faz as melodias dos meus poemas, se a música está pronta, mesmo sabendo que se estivesse, ele já teria mandado;

– sou o chato que agradece por tudo, tendo ciência que isso é coisa de gente chata, mas pelo meu ponto de vista, seria de pessoas educadas;

– sou o chato que fala rápido, as vezes embolado, encurtando a conversa, por achar que meu assunto é chato, e quem está escutando não tem interesse de ouvir;

– sou o chato que dá retorno as mensagens recebidas pelo WhatsApp, mesmo não tendo a resposta concreta, mas da forma que gostaria de ser tratado quando também envia as mensagens;

– sou o chato que vê o filme até o fim, mesmo esse sendo como eu: Chato!

– sou o chato que fica pegando em você enquanto conversa, sem perceber se está gostando ou não…

– sou o chato que desiste de tudo, inglês, natação, coral, orquestra de violão, por achar que não está conseguindo acompanhar os demais, e para não prejudicar prefere sair;

– sou o chato que gosta colecionar de tudo um pouco, e tem muito ciúmes das minhas coleções;

– sou o chato que queria ser menos chato, mas é muito complicado, deixar esses vícios de lado;

– O grande compositor Roberto Carlos, descreveu um homem cem por cento ideal, na música intitulada “Esse cara sou eu”, que fez muito sucesso na novela “Salve Jorge”, da Rede Globo de Televisão, mas será que esse cara não teria nada de ruim, assim como eu, não teria nada de chato?

– Outro grande compositor Oswaldo Montenegro, escreveu uma música dedicada ao Chato, e como ele mesmo disse em um show, a pessoa para quem ele compôs a canção, a adora, mesmo sem saber que foi inspirada nele. Dessa canção eu me encaixo, em algumas partes “… Ah, todo chato cutuca. Pra você prestar atenção… Ah, todo chato é gosmento. E não há como evitar. Eu sou um chato e meu Deus não me aguento. Só me tacando no mar…”

Algumas dessas características são realmente minhas, as demais não. Convido os nobres leitores a fazer uma reflexão, será que você também não se encaixa em alguma definição?

Veja também

policia-29-02-IG-Reproducao-Instagram

Suspeito de desmanchar carro usado no Caso Marielle é preso pela Polícia Federal

saude-29-02-freepik-mulher-gripe

Saiba a diferença entre os sintomas da dengue e da Covid-19

policia-29-02-Marcelo-Camargo-Agencia-Brasil

Polícia Federal prende mais três suspeitos em nova fase da operação Lesa Pátria

policia-29-02-pm-capa

Polícia Militar prende suspeitos de tráfico de drogas e encontra um pé de maconha em Domingos Martins

geral-28-02-alfredo-chaves-estradas

Estradas precárias em Alfredo Chaves dificultam acesso de moradores a serviços básicos

saude-28-02-PMMF-vacinacao

Marechal Floriano inicia vacinação contra a dengue para crianças de 10 e 11 anos

brasil-28-02-ag-brasil-Juca-Varella

Ministério da Educação divulgou a segunda chamada do Prouni

turismo-28-02-PMDM-pascoa

Coelhinho chega neste final de semana para inaugurar a Festa da Páscoa em Domingos Martins

Últimos artigos de Arte, Crônicas e Poesia