Covid-19: Manaus anuncia redução do intervalo entre doses de vacinas

Publicado em 03/11/2021 às 19:20

Compartilhe

© Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil


A prefeitura de Manaus anunciou que irá reduzir o intervalo entre doses de vacinas usadas na campanha de imunização contra a covid-19. No caso da Pfizer-BioNTech, o intervalo será de 21 dias, conforme a bula do medicamento.

Já o imunizante da Oxford/AstraZeneca terá o intervalo diminuído para quatro semanas, conforme orientação do Ministério da Saúde. Nos dois casos, os intervalos anteriores eram de 84 dias.

A dose de reforço poderá ser aplicada cinco meses após a segunda dose (ou dose única no caso da Janssen). Anteriormente, a orientação era aguardar pelo menos seis meses para ministrar essa nova dose em idosos e profissionais de saúde.

Com essa redução, a prefeitura tem utilizado seus canais de comunicação para estimular que as pessoas com a primeira dose possam completar o ciclo vacinal, tendo maior proteção contra o novo coronavírus.

Segundo a prefeitura de Manaus, até o momento a capital possui 89% da população já vacinada com a primeira dose e 66% com a segunda dose.

Edição: Kleber Sampaio

Fonte: EBC Saúde

Veja também

© Leonardo Moreira/FEC/Direitos Reservados

Fortaleza se classifica para sua primeira Libertadores

© Marcelo Cortes/Flamengo/Direitos Reservados

Vice-campeão Flamengo empata com rebaixado Sport em Recife

© José Tramontina/athletico.com.br/Direitos Reservados

Athletico-PR derrota Cuiabá na Arena da Baixada e se afasta do Z4

107879

Comissão da Câmara faz audiência na quarta sobre piso para enfermagem

© 28/10/2021_Fernando Frazão/Agência Brasil

Covid-19: estado do Rio está com risco muito baixo pela segunda semana

© Marcello Casal jr/Agência Brasil

Covid-19: Brasil registra 22 milhões de casos e 615,4 mil óbitos

© Carol Morelli/Arquivo Pessoal

Quarteto feminino bate recorde mundial de natação master

107871

Morre Gulliver, primeiro cachorro de William Bonner e Fátima Bernardes