Com mais de 18,5 mil profissionais, Mais Médicos bate recorde histórico seis meses após a retomada do programa

Publicado em 17/09/2023 às 06:00

Compartilhe

Com-mais-de-185-mil-profissionais-Mais-Medicos-bate-recorde-historico-seis-meses-apos-a-retomada-do-programa

Seis meses após a retomada do Mais Médicos pelo Governo Federal, o programa bateu recorde histórico de profissionais ao atingir a marca de 18,5 mil médicos em atuação na atenção primária à saúde em todo Brasil. Até então, o maior número de profissionais em atividade foi em 2015, no Governo Dilma, com 18,2 mil médicos. Nesse período havia uma ampla participação de médicos cubanos – que representavam mais de 60% do total. Agora, a maior parcela é de médicos brasileiros formados no Brasil, seguido de brasileiros formados no exterior.

Do total de médicos em atuação, cerca de 13 mil correspondem a novas vagas abertas em 2023 pela gestão da ministra Nísia Trindade. Após o desmonte da política nos últimos anos, o crescimento do Mais Médicos reflete a importância do programa para garantir o acesso à saúde dos brasileiros, principalmente nas regiões de maior vulnerabilidade. São mais de 4.000 municípios atendidos, com maior concentração de médicos nas periferias, interior do país e regiões pobres.

A expectativa é, até o fim de 2023, ampliar ainda mais o provimento médico em todas as regiões do país, alcançando 28 mil profissionais atuando pelo programa. Desde março, o Ministério da Saúde abriu vagas em duas modalidades. O modelo de coparticipação, inédito no programa, teve a adesão de mais de 2595 municípios brasileiros. Nesse formato, os gestores locais entram com uma contrapartida em parceria com o Governo Federal.

A retomada do programa também trouxe mais oportunidades de formação e especialização para os profissionais, com prioridade para médicos brasileiros formados no Brasil. Com a atuação em 4 anos pelo programa em área de vulnerabilidade, o profissional formado pelo FIES receberá um benefício para o pagamento do financiamento. O Mais Médicos também dará oportunidade de especialização e mestrado durante o tempo de atuação no programa, além de outros benefícios para os que atuarem nas regiões de difícil fixação de profissionais.

Ministério da Saúde

Veja também

geral-17-06-ft-Ricardo-Medeiros-terceira-ponte

Governo do Estado inicia remoção das cabines da Terceira Ponte

saude-17-06-ft-sesa

Neurocirurgia transformadora: a jornada de dona Florentina para recuperar a fala e a mobilidade

geral-17-06-ft-Reproducao-Agencia-Brasil-termometro

Inverno começa nesta semana com temperaturas acima da média

politica-17-06-ft-Paulo-Pinto-Agencia-Brasil-pl-aborto

Após PL do aborto na Câmara, Senado discute o tema nesta segunda-feira

brasil-17-06-ft-reproducao-chuvas-RS

Ministro presta suporte após temporal em São Luiz Gonzaga, no Rio Grande do Sul

producao-industrial

Produção industrial cresce 6,2% no Espírito Santo

incendio-instalacao-eletrica

Saiba como evitar incêndios em instalações elétricas

agricultura-familiar

Governo e Assembleia anunciam investimento de R$5 milhões na Agricultura Familiar