Colapso em Maceió: Novo tremor é registrado em região de mina

Publicado em 02/12/2023 às 07:10

Compartilhe

maceio-02-12-divulgacao-internet

Foto: Divulgação Mídias Sociais

Nesta sexta-feira (1°), sensores instalados na área explorada pela Braskem em Maceió registraram um novo evento sísmico, desta vez com magnitude 0,39, embora não tenha sido perceptível para os humanos.

“Três sensores instalados na região do antigo campo do CSA, continuam apresentando alertas de movimentação. O sensor da cavidade 18, foi o que apresentou o valor mais expressivo. Este, nas últimas 24h registrou aproximadamente 11,4cm com velocidade média de movimentação vertical subsidência de 1cm/h”, informou a Defesa Civil.

Essa ocorrência se soma a um histórico recente, no qual, entre os dias 19 e 24 de novembro, foram detectados surpreendentes 1011 eventos sísmicos na mesma região.

O Ministério do Desenvolvimento Regional, ao analisar os dados, observou uma mudança na profundidade dos sismos, indicando uma possível movimentação em direção à superfície.

Essa constatação eleva a preocupação sobre a estabilidade do solo na área explorada pela mina nº 18 da Braskem, localizada no bairro Mutange.

O deslocamento vertical acumulado desde 21 de novembro atingiu 1,43 metros, elevando ainda mais a apreensão das autoridades. A Defesa Civil de Maceió, diante desse cenário, não descarta a possibilidade de uma cratera se formar no local devido à intensa movimentação do solo.

Uma equipe da Defesa Civil Nacional está presente na área desde quinta-feira, e nesta sexta-feira, uma reunião foi realizada para discutir estratégias e medidas apropriadas para lidar com a situação de emergência.

O Governo Federal reconheceu oficialmente o estado de emergência em Maceió, conforme publicação no Diário Oficial, e o Ministério do Desenvolvimento Regional comprometeu-se a repassar recursos para apoiar a população afetada.

Os bairros de Mutange, Pinheiro e Bebedouro foram os mais impactados pelos eventos sísmicos, resultando na realocação de moradores e provocando significativa movimentação e deslocamento de solo.

Diante do alerta máximo da Defesa Civil de Maceió, a orientação é evitar a circulação de pessoas e embarcações na lagoa próxima ao local desocupado devido ao afundamento do solo causado pela atividade de mineração da Braskem.

Fonte: Portal IG

Veja também

politica-17-04-ft-Lula-Marques-Agencia-Brasil

Senado aprova PEC das drogas e texto vai para Câmara dos Deputados

cultura-17-04-gov-es

Festa da resistência dos povos indígenas tem início nesta sexta-feira em Aracruz

geral-17-04-ft-div-gov-es

Bandes promove leilão do Fundap nesta quarta-feira (17) em Vitória

saude-16-04-ft-div-gov-es

Ciatox realiza mais de 10 mil atendimentos em um ano no Espírito Santo

geral-16-04-ft-gv-es

Escola de Cachoeiro de Itapemirim inicia projetos com robótica educacional

brasil-16-04-freepik

Professores universitários estão mobilizados no Rio para definir greve

geral-16-04-pmmf

Pavimentação de estradas avança em Marechal Floriano

geral-16-04-freepik-2

Começou o prazo para solicitar isenção da taxa de inscrição do Enem