Cobertura vacinal contra dengue segue em baixa em Domingos Martins e prefeitura amplia faixa etária

Publicado em 13/03/2024 às 10:40

Compartilhe

saude-13-03-pmdm-divulgacao-vacina

Texto: Bruno Caetano / Fotos: Divulgação

A prefeitura de Domingos Martins anunciou, na última segunda-feira (11), a ampliação da vacina contra a dengue para crianças e adolescentes de 12 a 14 anos. No município, as primeiras doses já estão disponíveis e sendo aplicadas para todas as idades contempladas pela campanha.

O Ministério da Saúde decidiu ampliar o público-alvo para os 521 municípios selecionados devido à baixa adesão à campanha de vacinação. No Espírito Santo, a medida está inicialmente disponível apenas para 23 municípios do Estado.

As doses para a faixa etária de 10 a 14 anos estão disponíveis em todas as unidades de saúde do município que atendem de segunda a sexta-feira, segundo o horário da Sala de Vacina de cada uma delas. O atendimento é por ordem de chegada e os responsáveis devem levar o cartão de vacinação da criança.

A Secretária de Saúde do município informou que pessoas que apresentarem sintomas de doença febril aguda ou que foram diagnosticadas com dengue há menos de 6 meses, não devem ser vacinadas e devem procurar uma unidade de saúde mais próxima. A segunda dose da vacina será aplicada num intervalo de três meses e o município aguarda o segundo lote de vacinas que ainda não tem previsão de chegada.

Apesar de 355 vacinas já terem sido aplicadas, o número representa apenas 16,64% da cobertura vacinal para o público-alvo. Em fevereiro, Domingos Martins recebeu 855 doses do imunizante e apenas 41% dessas doses foram aplicadas, acendendo um alerta para a Secretaria de Saúde do município.

A Gerente da Vigilância em Saúde, Stefany Dubberstein, explica que a vacina contra a dengue veio como uma ferramenta importante para o enfrentamento da doença. Ela diz que a ampliação irá diminuir os casos de internações e óbitos causados pelo vírus. “Essa é uma vacina segura, que já vem sendo testada há anos. Portanto, é fundamental que os pais e responsáveis não deixem de vacinar suas crianças”, afirma Stefany Dubberstein.

LEVANTAMENTO DE CASOS – O município de Domingos Martins registrou, até a última quinta-feira (7), 932 incidências de casos prováveis de dengue e segue em alerta de alto risco. Os dados são do 9º boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado, com informes diários sobre dengue, zika e chikungunya. Os números aumentaram em 941%, nas nove primeiras semanas do ano.

O imunizante Qdenga foi aprovado pelo Ministério da Saúde e foi incorporado em dezembro de 2023 ao Sistema Único de Saúde (SUS). A vacina, desenvolvida pelo laboratório japonês Takeda, também foi aprovada pela Comissão de Incorporação de Tecnologias (Conitec) do Sistema Único de Saúde (SUS).

Vale lembrar que a dengue ocorre em climas tropicais e subtropicais, principalmente em áreas urbanas e semiurbanas. A dengue grave é uma das principais causas de morte entre crianças em alguns países da Ásia e da América Latina. O comprometimento da população no combate ao mosquito transmissor, juntamente com as iniciativas do poder público é, no momento, o único caminho para o combate esse mal.

Veja também

agro-22-04-freepik-cafe

Prêmio CNA Brasil Artesanal abre inscrições para concurso de cafés especiais torrados

mundo-22-04-vt-Reproducao-AFP

Coreia do Norte dispara mísseis balísticos de curto alcance

mat-paga-22-04-mundo1

Bingo Don Bingote: Revivendo um Clássico com um Toque Moderno

WhatsApp-Image-2024-01-24-at-13.56.47-3

A Inclusão das Pessoas com Deficiência Visual

geral-22-04-ft-divulgacao

Donos de veículos afetados pelas chuvas em Apiacá e Mimoso do Sul não precisarão pagar IPVA e Licenciamento Anual 2024

agro-22-04-ft-favesu

Venda Nova se prepara para a 7ª edição da maior feira de avicultura e suinocultura capixaba FAVESU

brasil-22-04-fi-reprocucao-x

Supremo nega suspensão de multa do TSE a Bolsonaro

mat-paga-22-04-brasil-3

Os melhores serviços para impulsionar o Instagram: minha experiência pessoal