Cidade francesa descobre 1500 bombas da 1ª Guerra e organiza evacuação

Publicado em 11/10/2021 às 17:20

Compartilhe

99995


source
Estrada para Levergies, na França
CreativeCommons

Estrada para Levergies, na França

A cidade de Levergies, no norte da França, descobriu um carregamento de 1.500 bombas, que totalizam 28 toneladas, datadas da Primeira Guerra Mundial. Os explosivos estavam enterrados em uma plantação de batatas.

Para que os dispositivos sejam retirados, todos os moradores terão que deixar suas casas durante quatro dias. A operação começa amanhã (12). As atividades comerciais e a circulação de veículos também está suspensa entre os dias 12 e 15 de outubro.

Mais de 100 pessoas participam da operação, 15 delas especializadas em explosivos. Eles devem neutralizar as bombas e removê-las para outro local, onde serão destruídas.

O prefeito de Levergies, Bernard Nuttens, afirmou que essa não é a primeira carga de explosivos encontrada no local. Em 1985, a região, que fica na chamada “Linha de defesa de Hindenburg”, foi palco de uma das maiores batalhas da Primeira Guerra. Há seis anos, um carregamento de 15 toneladas foi encontrado.

Desta vez, porém, a carga oferece mais perigo, já que está a apenas cinco metros da superfície, a cerca de 300 metros do centro da cidade. Segundo o prefeito, estão empilhadas em um só lugar. “Se uma explode, todas explodem”, disse.

Fonte: IG Mundo

Veja também

© Fernando Frazão/Agência Brasil

Covid-19: Brasil registra 22,1 milhões de casos e 615,6 mil mortes

© Pedro Souza/Atletico

Bahia respira, Grêmio agoniza e Atlético-MG faz a festa com a torcida

108004

Paulo Guedes define nomes para reestruturação do Ministério da Economia

108000

EUA: Memorial em homenagem a Anne Frank é vandalizado com suásticas

107998

Petrobras vai reduzir preço dos combustíveis esta semana, diz Bolsonaro

107993

Maduro é retratado como super herói em desenho de TV estatal na Venezuela

107991

Presidente de Portugal dissolve Parlamento e convoca eleições antecipadas

107989

Mais da metade dos maiores de 18 anos consomem bebidas alcoólicas