China tem primeiros casos de covid-19 entre atletas estrangeiros

Publicado em 12/11/2021 às 11:20

Compartilhe

© Reuters/ Thomas Peter/direitos reservados


A China informou nesta sexta-feira (12) os primeiros casos de covid-19 entre atletas estrangeiros em eventos preparatórios para os próximos Jogos de Inverno de Pequim 2022.

Dois competidores do luge (modalidade olímpica de inverno) da mesma nacionalidade apresentaram resultados positivos, disse Huang Chun, do comitê organizador dos Jogos. Ambos foram transferidos para hotéis de quarentena, disse ele em uma coletiva de imprensa na capital chinesa.

O vice-prefeito de Pequim disse anteriormente que o coronavírus seria um dos maiores desafios para a realização dos Jogos na cidade.

Um surto generalizado relacionado aos Jogos prejudicaria o histórico da China de conter casos rapidamente, tendo optado por manter uma abordagem de tolerância zero em relação à covid-19.

Os Jogos decorrerão de 4 a 20 de fevereiro, com todos os participantes sujeitos a testes diários da covid-19, e sem espectadores internacionais. Atletas e demais credenciados nos Jogos terão de viver em uma bolha de “circuito fechado”.

“Ainda vamos deixar a pessoa participar dos treinamentos e atividades relacionadas aos Jogos, mas (o indivíduo) precisa passar por um rigoroso monitoramento sanitário e testes de covid-19 todos os dias”, disse Huang, referindo-se ao primeiro atleta que teve teste positivo.

O indivíduo também vai ficar em seu quarto, comer e andar em veículos sozinho, disse Huang aos repórteres.

O segundo caso foi um contato próximo do primeiro atleta, disse ele, sem dar detalhes sobre sua nacionalidade.

Veja também

107714

Cumbre Vieja: mais de 6 mil pessoas ficam desabrigadas por conta das erupções

107712

Alemanha: Merkel se despede após 16 anos como chanceler

107710

Polícia prende homem que estava armado em frente à sede da ONU nos EUA

© Raquel Portugal/FioCruz

Boletim da Fiocruz sinaliza aumento de casos de SRAG em 13 estados

© NIAID

Ministério confirma cinco casos da variante Ômicron no Brasil

© NIAID

País segue tendência estável de transmissão da covid-19

© Arquivo/Gilberto Marques/Governo do Estado de São Paulo

Rio monta estrutura extra para atender casos de gripe

107700

Auxílio gás e Alimenta Brasil são regulamentados por Bolsonaro