Cachorra esquecida em bagageiro de avião da LATAM já está com a tutora

Publicado em 04/02/2022 às 10:46

Compartilhe

115412


source
Cadela Zoe foi esquecida em bagageiro de avião
Reprodução

Cadela Zoe foi esquecida em bagageiro de avião

Mais um caso envolvendo animais de estimação  e companhias aéreas no Brasil. A cadela Zoe, uma filhote da raça Border Collie, decolou em o voo da LATAM que saiu do aeroporto de Congonhas, em São Paulo, rumo à Fortaleza (CE) nesta quarta-feira (2), porém, não desembarcou no local.

Sem que fosse desembarcada, a filhote acabou seguindo no voo em direção ao aeroporto Galeão, no Rio de Janeiro. Procurada pelo Canal do Pet, a Latam informou que Zoe já se encontra com a tutora e que a companhia manteve contato com a mesma durante todo o procedimento e a manteve ciente sobre os cuidados com o animal, que recebeu atendimento veterinário preventivo.

“A companhia esclarece que, lamentavelmente, por questões operacionais, a cachorra não desembarcou em Fortaleza nesta quarta, dia 02/02, conforme previsto. Em função disso, seguiu no voo LA3129 (Rio de Janeiro/Galeão – Fortaleza) desta quinta-feira (3), desembarcando em completa segurança em seu destino final às 18h”, declarou a LATAM em nota.

Fonte: IG PET

Veja também

geral-24-06-ft-Divulgacao-Ibama

Servidores federais ambientais iniciam greve

cultura-24-06-ft-Cicecro-italemanha

Preparativos para a Italemanha em ritmo acelerado em Marechal Floriano

geral-24-06-ft-div-gov-es

Recurso emergencial chega a empresas afetadas pelas chuvas no Espírito Santo

brasil-24-06-ft-Reproducao-Twitter-enchente-RS

Nível do Guaíba sobe 23 cm e prefeitura emite alerta para inundações no RS

saude-24-06-ft-freepik-vacina

Saúde reforça importância da vacinação contra sarampo àqueles que vão à Olimpíada de Paris

turismo-24-06-ft-divulgacao-Rota-dos-Queijos

Rota dos Queijos em João Neiva: uma jornada de sabor e tradição

politica-24-06-STF-porte-maconha

STF retoma julgamento sobre porte de maconha para consumo

mundo-24-06-ft-reproducao-portal-ig

Médico brasileiro sobrevive à acidente que vitimou 9 pessoas na Namíbia, incluindo sua esposa