Bruno Henrique garante vitória do Flamengo sobre o Corinthians

Publicado em 18/11/2021 às 00:20

Compartilhe

© Alexandre Vidal/Flamengo/Direitos Reservados


Graças a um gol de Bruno Henrique no final, o Flamengo derrotou o Corinthians por 1 a 0, nesta quarta-feira (17) no estádio do Maracanã, e manteve vivo o sonho de alcançar o líder do Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG.

Após este resultado o Rubro-Negro alcançou os 63 pontos, na 2ª posição, oito atrás do Galo. Para o Timão o revés representou a permanência com 50 pontos, na 5ª posição.

Já pensando na final da Taça Libertadores, no dia 27 de novembro no estádio Centenário, em Montevidéu (Uruguai), o técnico Renato Gaúcho mandou a campo uma equipe com vários jogadores considerados reservas.

Porém, quem mandou na partida foi o Flamengo, que jogou empurrado por mais de 48 mil torcedores. E, de tanto tentar, a equipe da Gávea foi premiada já aos 47 minutos do segundo tempo, quando Rodinei fez linda jogada pela direita, se livrando de dois marcadores, e cruzou muito bem para Bruno Henrique apenas para conferir de cabeça.

Agora o Flamengo volta a entrar no campo no sábado (10), onde pega o Internacional no Beira-Rio. Um dia depois o Corinthians faz clássico com o Santos.

Edição: Fábio Lisboa

Veja também

© Marcos Oliveira/Agência Senado

Senado aprova novas regras para emendas de relator

© Reuteres/Sergio Moraes/Direitos reservados

Comitê recomenda que réveillon no Rio de Janeiro seja mantido

© Bruno Corsino/ACG/Direitos Reservados

Atlético-GO derrota Bahia e se afasta do Z4 do Brasileiro

© Geovana Albuquerque/Agência Saúde DF

SP usará vacina da Pfizer como segunda dose em quem recebeu a Janssen

© Rovena Rosa/Agência Brasil

Covid-19: Brasil tem 22 milhões de casos e 614,3 mil mortes

© Guilherme Mansueto/Magnus Futsal/Direitos Reservados

LNF: Magnus supera Foz Cataratas e vai à final pelo 3º ano seguido

Café em Itarana

Polícia Militar recupera carga de café roubada em Itarana

© Marina Ramos/Câmara dos Deputados

Câmara aprova medidas de transparência e teto para orçamento secreto