Brasil teve queda de até 0,51% no valor da gasolina em alguns estados segundo pesquisa

Publicado em 19/12/2023 às 10:20

Compartilhe

gasolina-19-12-freepik

O preço do litro da gasolina fechou a primeira quinzena de dezembro a R$ 5,80, com recuo de 0,51%, ante novembro, é o que aponta os dados do Índice de Preços Edenred Ticket Log (IPTL), levantamento que consolida o comportamento de preços das transações nos postos de combustível, trazendo uma média precisa. 

Na maioria das regiões brasileiras, o preço do combustível fechou em baixa, com destaque para a Região Norte, onde apesar de apresentar a maior média do País, de R$ 6,35, foi o local que também teve a redução mais expressiva no preço do litro, de 0,78%. Ainda assim, a média mais barata foi encontrada nos postos do Sul, a R$ 5,70. 

O Pernambuco e o Rio Grande do Sul dividiram a posição de menor preço médio para a gasolina, comercializada a R$ 5,60. Já a redução mais acentuada de todo o território nacional, de 5,24%, foi identificada em Sergipe, vendida a R$ 5,97. 

No Ceará os motoristas desembolsam R$ 6,21 no litro, com um aumento de 2,64%, a maior alta do País. Porém a média mais cara foi a do Acre, R$ 6,64. “Reduções no preço da gasolina vem sendo identificadas pelo IPTL desde setembro. Nesta quinzena, a maioria dos Estados brasileiros teve redução no preço do litro. Aumentos de 0,16% a 2,64% foram registrados em três Estados e no Distrito Federal”, pontua Douglas Pina, Diretor-Geral de Mobilidade da Edenred Brasil.

O preço do etanol fechou o período a R$ 3,72, com um recuo de 0,53%, quando comparado a novembro. 

Na análise regional, todas registraram redução no valor do litro e o destaque ficou com o Nordeste, onde a média fechou a R$ 4,28, com recuo de 1,38%. As demais regiões apresentaram baixas de 0,54% a 0,84%. Ainda assim, a média mais baixa foi identificada nos postos de abastecimento do Centro-Oeste, a R$ 3,55, e a mais alta, no Norte a R$ 4,65.

Bem como aconteceu com a gasolina, a maioria dos Estados apresentaram redução no preço do etanol, com destaque para o Sergipe, onde o valor do litro reduziu 4,54% e fechou o período a R$ 4,63. A média mais baixa foi registrada do Mato Grosso, a R$ 3,42, e a mais alta em Roraima, a R$ 5,01. Dois Estados e o Distrito Federal apresentaram aumento para o etanol, e o mais expressivo, de 1,15%, foi identificado no Piauí. 

“Subiu de 11 para 12 o número de Estados que tiveram a gasolina como combustível mais vantajoso para abastecimento. Ainda assim, destaco a vantagem de menor impacto ao meio ambiente ao abastecer com etanol, combustível que contribui com a redução das emissões de gases responsáveis pelas mudanças climáticas”, reitera Pina. 

O IPTL é um índice de preços de combustíveis levantado com base nos abastecimentos realizados nos 21 mil postos credenciados da Edenred Ticket Log.

Fonte: Portal IG / Foto: Freepik

Veja também

mundo-24-04-ft-JIM-WATSON

EUA promete enviar ajuda militar à Ucrânia nas próximas horas

politica-24-04-freepik-arma

Projeto quer estabelecer multa para crimes com arma de fogo

agro-24-04-ft-Arquivo-Paulo-Cordeiro

Agricultores familiares acessam políticas públicas de comercialização e melhoram renda com apoio do Incaper

geral-24-04-ft-div

Projeto Jovem Perito da Polícia Científica está com agenda de 2024 aberta

saude-24-04-ft-freepik

Lacen confirma circulação de Febre do Oropouche no Espírito Santo

geral-23-04-Foto-Osvaldo-Paula-Galote-Junior

Dia Mundial do Livro: leitura transformou a vida de um jovem em Domingos Martins

geral-23-04-ft-div

Programa Acredita começa hoje e prevê facilidade aos MEIs em negociação de dívidas

geral-23-04-ft-div-gov-es

Espírito Santo registra redução nas taxas de pobreza e extrema pobreza