Brasil tem doses pediátricas para vacinar todo o público infantil com a primeira dose

Publicado em 19/02/2022 às 10:54

Compartilhe

vacinacao-de-criancas-0001

Em mais uma etapa da maior campanha de vacinação da história, o Brasil já tem doses pediátricas suficientes para imunizar contra a Covid-19 o todo o público infantil. O Ministério da Saúde já destinou mais de 20 milhões de doses para a cobertura vacinal de crianças de 5 a 11 anos.

As últimas doses destinadas para esse público estão no Informe Técnico nº 87 publicado pelo Ministério da Saúde na terça-feira (15). Nesta distribuição, que será iniciada nos próximos dias, são enviadas 4,6 milhões de doses de vacinas Covid-19 para crianças, sendo 3,2 milhões para a primeira dose e 1,4 milhões para a segunda dose.

A vacinação desse público deve ser autorizada pelos pais ou responsáveis, caso os mesmos não estejam presentes no momento da imunização. A orientação da Pasta é que, em caso de dúvidas, os pais consultem um médico para orientá-los sobre a imunização dos pequenos.

Para a vacinação de crianças, o Ministério da Saúde distribui para estados e Distrito Federal os imunizantes da Pfizer e da Coronavac. Aqueles que tomaram a vacina da Pfizer devem retornar ao posto de vacinação para receber a segunda dose oito semanas (cerca de dois meses) depois de tomar a primeira. Já para as crianças que receberam o imunizante Coronavac, o intervalo entre uma dose e outra é de 28 dias.

Leia mais:
Zé Gotinha responde às dúvidas da população sobre a vacinação de crianças contra a Covid-19

Planejamento

Para atender a demanda da vacinação de crianças de 5 a 11 anos, o Governo Federal, por meio do Ministério da Saúde, encomendou mais de 20 milhões de vacinas pediátricas da Pfizer já para o primeiro trimestre deste ano. Além disso, a Pasta orientou que cerca de 6,5 milhões de doses da Coronavac que estavam na rede de frio dos estados e DF fossem destinadas para a imunização do público infantil, para além da distribuição de outras 3,3 milhões do imunizante do Instituto Butantan para esse fim.

Crianças no PNO

A inclusão das crianças no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 (PNO) ocorreu após amplo debate com a sociedade civil, especialistas, representantes de sociedades científicas e das mais diversas entidades públicas. As discussões chegaram ao consenso de que a vacinação não deveria ser compulsória. A recomendação está na Nota Técnica nº 2/2022, elaborada pela Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à Covid-19 (Secovid).

Fonte: Ministério da Saúde

Veja também

Moradores-de-Marechal-Floriano-lutam-contra-a-violencia-sexual-de-criancas-e-adolescentes

Moradores de Marechal Floriano lutam contra a violência sexual de crianças e adolescentes

Musica-sorteios-e-celebracoes-religiosas-na-Festa-de-Sao-Cristovao-no-Trevo-de-Paraju-1

Música, sorteios e celebrações religiosas na Festa de São Cristóvão no Trevo de Paraju

Avenida-movimentada-de-Marechal-Floriano-tera-redutores-de-velocidade-1

Avenida movimentada de Marechal Floriano terá redutores de velocidade

Alerta-para-possiveis-impactos-do-frio-e-da-geada-na-agricultura-brasileira

Alerta para possíveis impactos do frio e da geada na agricultura brasileira

Espirito-Santo-esta-em-alerta-vermelho-para-frio-intenso-e-geada-ate-sabado-1

Espírito Santo está em alerta vermelho para frio intenso e geada até sábado

Morador-de-Afonso-Claudio-e-um-dos-mortos-no-acidente-ocorrido-na-BR-262-1

Morador de Afonso Cláudio é um dos mortos no acidente ocorrido na BR-262

Londres-rainha-Elizabeth-aparece-de-surpresa-em-inauguracao-de-metro

Londres: rainha Elizabeth aparece de surpresa em inauguração de metrô

Homem-e-preso-acusado-de-matar-o-cunhado-em-Brejetuba

Homem é preso acusado de matar o cunhado em Brejetuba