Brasil já tem mais de 120 unidades de conservação reabertas para turistas

Publicado em 15/02/2021 às 16:53

Compartilhe

Os turistas do Brasil já contam com mais de 120 parques nacionais abertos para visitação de norte a sul do país. Desde meados do ano passado, o governo federal, por meio do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), tem reaberto de forma gradual as Unidades de Conservação (UCs) federais. A retomada das atividades está ocorrendo de maneira segura, atendendo todos os protocolos de prevenção e controle, conforme recomendação dos órgãos de saúde.

Veja aqui quais são.

Entre as medidas, estão a redução da capacidade de público, para que a visitação ocorra respeitando o espaçamento mínimo de dois metros entre as pessoas, uso obrigatório de máscara, disponibilização de álcool 70% ou produto de higienização para as mãos. Além disso, os parques estão medindo a temperatura dos visitantes na entrada e saída, através de termômetro infravermelho e realizando a desinfecção periódica de ambientes, como pisos, corrimãos, lixeiras, balcões, maçanetas, tomadas, torneiras e banheiros.

Para o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, a reabertura dessas unidades foi essencial para a retomada do setor neste período. “Os parques nacionais são importantes para a movimentação do nosso setor. Juntos, eles empregam milhares de brasileiros e movimentam bilhões em nossa economia. E, neste momento em que se tem um novo perfil de viajantes, que buscará viagens rodoviárias, regionais, e para destinos de natureza, principalmente, o Ministério do Turismo não tem poupado esforços para proteger o setor e garantir o retorno, com toda a segurança, das atividades turísticas”, disse.

De acordo com um estudo realizado pelo Ministério do Turismo, há 334 Unidades de Conservação no Brasil distribuídas em todos os 26 estados brasileiros e o Distrito Federal, totalizando cerca de 9% do território terrestre nacional e 2% do bioma marinho costeiro. As UCs são classificadas em categorias: Parque Nacional; Floresta Nacional; Área de Proteção Ambiental; Reserva Extrativista; Área de Relevante de Interesse Ecológico; Estação Ecológica; Monumento Natural; Reserva de Desenvolvimento Sustentável; Reserva Biológica; Refúgio de Vida Silvestre.

VISITAÇÃO – Dados do ICMBio apontam que a visitação aos parques tem aumentado. Foram mais de 15,3 milhões de visitantes em 2019, um aumento de 20,4% em relação a 2018 (12,4 milhões). Em 2017 foram registrados 10,7 milhões de visitante, mais do que os 8,3 milhões em 2016 e os 7,3 milhões de 2015.

Veja também

96793

Azul tem inscrições abertas para nova edição de seu programa de trainee

96791

Auxílio emergencial volta a ser pago na terça; veja o calendário da 6ª parcela

96789

Enforcador pode fazer mal aos cães? Adestrador explica o uso do equipamento

banestes-auxilio

Operações de crédito emergencial atingem mais de R$ 720 milhões liberados pelo Banestes

96787

Mega-Sena: duas apostas dividem prêmio de R$ 23,5 milhões

96785

Cachorros de Cingapura se tornam influencers no Instagram

© Myke Sena/MS

Covid-19: Brasil tem 21,2 milhões de casos e 590,5 mil mortes

© Luiz Erbes/S.E.R. Caxias/Direitos Reservados

Caxias elimina Portuguesa nos pênaltis e está nas oitavas da Série D