Brasil aplicou cerca de 7,8 milhões de doses bivalentes contra a Covid-19. Conheça o público prioritário

Publicado em 09/04/2023 às 06:00

Compartilhe

Brasil-aplicou-cerca-de-78-milhoes-de-doses-bivalentes-contra-a-Covid-19.-Conheca-o-publico-prioritario

As ações do Movimento Nacional pela Vacinação foram iniciadas em 27 de fevereiro e, desde então, cerca de 7,8 milhões de doses bivalentes contra a Covid-19 foram aplicadas na população prioritária. Para receber o imunizante é preciso ter completado o esquema primário com as vacinas monovalentes e respeitar um prazo mínimo de quatro meses desde a última dose recebida.

Buscando ampliar cada vez mais a cobertura vacinal contra a doença, o Ministério da Saúde incluiu as pessoas entre 12 e 59 anos com comorbidades entre os grupos prioritários contemplados para imunização com as doses bivalentes. A recomendação para aplicação nesse público é para quem recebeu ao menos duas doses de vacinas monovalentes como esquema primário.

Nesta etapa do Movimento Nacional pela Vacinação, também estão incluídos no grupo prioritário:

  • Idosos de 60 anos ou mais de idade;
  • Pessoas vivendo em instituições de longa permanência a partir de 12 anos (ILP e RI) e seus trabalhadores;
  • Pessoas imunocomprometidas a partir de 12 anos de idade;
  • Indígenas, ribeirinhos e quilombolas (a partir de 12 anos de idade);
  • Gestantes e puérperas;
  • Trabalhadores da saúde;
  • Pessoas com deficiência permanente (a partir de 12 anos de idade);
  • População Privada de Liberdade e Adolescentes em Medidas Socioeducativas; e
  • Funcionários do Sistema de Privação de Liberdade.

Por que devo me vacinar?

A imunização é a maneira mais eficaz para proteção contra o vírus. Por meio dela, o organismo pode desenvolver uma memória imunológica que permitirá o combate à doença, evitando casos graves e óbitos.

O Ministério da Saúde reitera a importância da vacinação neste momento de alta de internações em razão da Covid-19. O novo boletim InfoGripe divulgado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) aponta alta de internações com risco muito maior para aqueles que estão em atraso com a vacinação ou que sequer tomaram a primeira dose da vacina contra a doença.

Se você ainda está em atraso com alguma dose, busque a unidade de saúde mais próxima para se proteger. É importante ressaltar que qualquer informação sobre vacina deve ser conferida nos canais oficiais do Ministério da Saúde para evitar a desinformação.

Fonte: Ministério da Saúde

Veja também

policia-29-02-IG-Reproducao-Instagram

Suspeito de desmanchar carro usado no Caso Marielle é preso pela Polícia Federal

saude-29-02-freepik-mulher-gripe

Saiba a diferença entre os sintomas da dengue e da Covid-19

policia-29-02-Marcelo-Camargo-Agencia-Brasil

Polícia Federal prende mais três suspeitos em nova fase da operação Lesa Pátria

policia-29-02-pm-capa

Polícia Militar prende suspeitos de tráfico de drogas e encontra um pé de maconha em Domingos Martins

geral-28-02-alfredo-chaves-estradas

Estradas precárias em Alfredo Chaves dificultam acesso de moradores a serviços básicos

saude-28-02-PMMF-vacinacao

Marechal Floriano inicia vacinação contra a dengue para crianças de 10 e 11 anos

brasil-28-02-ag-brasil-Juca-Varella

Ministério da Educação divulgou a segunda chamada do Prouni

turismo-28-02-PMDM-pascoa

Coelhinho chega neste final de semana para inaugurar a Festa da Páscoa em Domingos Martins