Bombeiros fazem buscas a homem que teria se afogado em Afonso Cláudio

Publicado em 18/04/2021 às 16:32

Compartilhe

Um possível afogamento, de um homem de 47 anos, mobilizou equipes do Corpo de Bombeiros de Venda Nova do Imigrante até a localidade de Boa Fé, em Afonso Cláudio, na manhã de ontem (17). Após várias horas de buscas, o homem não foi encontrado pelos bombeiros.

Familiares relataram aos bombeiros que o homem está fazendo tratamento de alcoolismo e tem problemas de saúde, o que pode ter provocado um mal súbito e ele ter caído no rio, onde ele estava pescando. Pertences do homem ficaram às margens do rio São João.

Como havia correnteza no rio, os bombeiros estabeleceram um plano de trabalho para atuação sem risco para a guarnição. A equipe da 2ª Cia do 4º Batalhão do Corpo de Bombeiros Militares chegou ao local às 10h30. Equipados com coletes, roupas especiais, cordas, capacetes, e bote inflável, foram iniciadas as buscas, com segurança aos bombeiros.

bombeiros em afonso claudio 2Apesar do relato de moradores de que no local o fluxo das águas estava um pouco abaixo do normal devido ao período de baixa chuva incidente no município nas últimas semanas, havia um redemoinho, muitos locais de pedra e próximo a uma estrutura de pedras e buracos na areia, onde segundo relato dos familiares, a vítima estava pescando e, na tarde do dia anterior (16), sumiu do local, deixando apenas documentos, o aparelho celular e a vara de pescar.

Entretanto, nenhum familiar viu o mesmo cair na água, mas a suposição do afogamento se dá pelo histórico de problemas de saúde. A equipe, conduzida pelo sargento De Paula, realizou buscas superficiais nas duas margens do rio e próximo ao local da residência, como não havia indícios da vítima estar na parte mais superficial, foram iniciadas as buscas em pontos mais abaixo no rio, seguindo o fluxo do rio com uso de bote inflável.

Outra equipe, conduzida pelo sargento Pires, realizou buscas próximo da pousada Acapulco, localidade descrita por populares onde todos os detritos do rio são depositados naturalmente. As buscas continuaram durante a tarde, o que totalizou cerca de mil metros abaixo do local onde a vítima foi avistada pela última vez.

Por volta de 17h30, a equipe se reuniu com os familiares para orientar as próximas ações adotadas, uma vez que no período da noite os trabalhos tem um risco maior devido correnteza e a falta de iluminação do local. A família iria fazer contato com os Bombeiros, caso o homem não aparecesse, para que as buscas fossem retomadas.

Veja também

96793

Azul tem inscrições abertas para nova edição de seu programa de trainee

96791

Auxílio emergencial volta a ser pago na terça; veja o calendário da 6ª parcela

96789

Enforcador pode fazer mal aos cães? Adestrador explica o uso do equipamento

banestes-auxilio

Operações de crédito emergencial atingem mais de R$ 720 milhões liberados pelo Banestes

96787

Mega-Sena: duas apostas dividem prêmio de R$ 23,5 milhões

96785

Cachorros de Cingapura se tornam influencers no Instagram

© Myke Sena/MS

Covid-19: Brasil tem 21,2 milhões de casos e 590,5 mil mortes

© Luiz Erbes/S.E.R. Caxias/Direitos Reservados

Caxias elimina Portuguesa nos pênaltis e está nas oitavas da Série D