Bolsonaro acabou com o Bolsa Família por “pura inveja”, alfineta Renan Calheiros

Publicado em 31/10/2021 às 16:20

Compartilhe

102973


source
Senador Renan Calheiros, relator da CPI da Covid
Jefferson Rudy/ Agência Senado

Senador Renan Calheiros, relator da CPI da Covid

O senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da CPI da Covid, usou as redes sociais neste domingo (31) para criticar o presidente Jair Bolsonaro pela extinção do Bolsa Família. Segundo Renan, Bolsonaro  acabou com o programa social por “pura inveja”.

No passado, o senador relatou a proposta que criou o Bolsa Família, durante o governo do ex-presidente Lula (PT).

“Bolsonaro acabou com o Bolsa Família, o maior programa de distribuição de renda do mundo por 18 anos. Em 2003 fui o relator do projeto. Pela primeira vez colocamos os pobres no Orçamento. Agora, por pura inveja e sanha destrutiva, Bolsonaro joga milhões de famílias na incerteza”, publicou Renan no Twitter.

Em novembro, ainda não há nenhuma confirmação oficial de qual benefício social os brasileiros necessitados irão receber. O governo tenta criar o Auxílio Brasil e já garantir o pagamento de R$ 400 , mas por enquanto não se sabe nem de onde virá o dinheiro. O “plano A”, a PEC dos Precatórios , está empacada no Congresso e não é unanimidade nem entre os apoiadores do governo federal.

O presidente Jair Bolsonaro garante ter um plano B para a questão , sem dar detalhes de qual seria. Segundo Igor Gadelha, colunista do Metrópoles, a ideia é  editar um novo decreto de calamidade pública por causa da pandemia e, com isso, permitir um novo “orçamento de guerra”, que tem menos limitações de gastos. Na prática, o governo já sabe que deve precisar furar o teto de gastos, e busca a forma de fazer isso.

Além das incertezas temporárias, no longo prazo há ainda mais dúvidas. O Auxílio Brasil, como está desenhado, é temporário e acabaria no final de 2022. Depois desse período, não se sabe como ficariam os informais brasileiros, hoje protegidos pelo Bolsa Família, programa social já reconhecidamente importante para diminuir desigualdades e combater a fome no País.

Veja também

© Marcelo Camargo/Agência Brasil

Covid-19: país tem 22,1 milhões de casos e 615,5 mil mortes

107939

Subida dos juros deve provocar desaceleração na economia, diz Guedes

© Marcelo Camargo/Agência Brasil

Ministério oferece mais de 21,5 mil vagas para Médicos pelo Brasil

107935

Em relatório preliminar, deputado destina R$ 16,2 bilhões para orçamento secreto

107933

Nova proposta de reforma trabalhista quer proibir motoristas de app na CLT

107931

Pais de autor de massacre em escola de Michigan são presos

107929

Biden e Putin farão reunião sobre tensões na Ucrânia

© Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Brasileiros devem redobrar cuidados no verão contra câncer de pele