Barreira volta a cair em uma das pistas da BR-262 e DNIT monitora rodovia

Publicado em 02/12/2022 às 09:20

Compartilhe

Barreira-volta-a-cair-em-uma-das-pistas-da-BR-262-e-DNIT-monitora-rodovia1

Texto: Julio Huber

As chuvas intensas não param no Espírito Santo. Na Região Serrana, diversas estradas apresentam quedas de barreiras no interior dos municípios e em rodovias estaduais e federais. No km 38 da BR-262, em Santa Isabel, Domingos Martins, a pista no sentido Vitória a Marechal Floriano está interditada devido a queda de uma barreira, mas equipamentos já estão no local removendo a terra e árvores.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), não há pontos interditados na BR-262, mas é preciso atenção dos motoristas que trafegam pela via federal. Em Viana, onde havia alagamentos impedindo o trânsito durante boa parte do dia de ontem, a pista já foi liberada. Já os quilômetros 170 e 171 da BR-101, em Linhares, ainda continuam totalmente interditados.

De acordo com o superintendente no Espírito Santo do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (DNIT), Romeu Scheibe Neto, desde a madrugada de ontem equipes estão atuando para desobstruir trechos onde ocorreram quedas de barreiras, como nos Kms 16, 22, 37, 38 e 45 da BR-262.

“Esses pontos simultâneos de interdições exigiu das nossas equipes uma capacidade muito grande, seja de homens e de equipamentos. Contamos com o apoio das prefeituras e conseguimos, por volta de 11h30 de ontem, desobstruir os cinco pontos”, destacou Romeu.

Ele contou que a prioridade é o fluxo da pista. “Há muitos materiais nas margens da pista e nos acostamentos, que hoje e nos próximos dias estarão sendo removidos. Nosso objetivo é garantir o tráfego nos dois sentidos. Pedimos aos usuários muita cautela, que cumpram a sinalização viária, respeitem os limites de velocidade, evitem ultrapassagens e tenham muita atenção. A chuva permanece e a previsão é de que hoje o volume de chuva seja maior, o que pode causar mais quedas de barreiras”, alertou Romeu.

ALAGAMENTOS – Na Sede de Marechal Floriano, ruas voltaram a alagar na noite de ontem (1º), com o transbordamento do córrego Batatal. Ontem, equipamentos da Prefeitura desobstruíram um local que impedia o fluxo normal da água, mas a intensidade da chuva de ontem fez o nível do córrego se elevar e transbordar.

O nível do Braço Sul do rio Jucu, que corta a sede do município, está elevado, mas as águas ainda não invadiram as ruas. O Rio Fundo, um dos afluentes do Braço Sul, estava alagando propriedades no interior do município, na manhã de hoje.

Veja também

geral-22-02-agencia-Brasil

Receita abre consulta a lote residual do Imposto de Renda

brasi-22-02-defesa-civil-RS

Bolsa Família antecipa pagamento para municípios do Espírito Santo e Rio Grande do Sul

policia-22-02-gov-es-drones

Drones ampliam a segurança nos complexos prisionais do Espírito Santo

brasil-22-02-freepik-estudante

Caixa anuncia concurso com mais de 4 mil vagas para todo o Brasil

geral-22-02-freepik-estudante

Fies Social financia até 100% de encargos para estudantes de famílias do CAD Único

esporte-22-02-gov-es

Paratleta capixaba representa o Brasil em Mundial de natação na Austrália

policia-21-02-pces

Polícia Civil prende em flagrante suspeito de homicídio em Conceição de Castelo

policia-21-02-mf

Bicicleta e moto são furtadas e um micro-ônibus é arrombado em bairro de Marechal Floriano