Bairro Bela Vista, em Afonso Cláudio, começa a ser regularizado

Publicado em 24/12/2016 às 09:12

Compartilhe

Aproximadamente 230 famílias do bairro Bela Vista, em Afonso Cláudio, irão receber o projeto piloto do Programa Estadual de Regularização Fundiária Morar Legal. Técnicos municipais participaram da capacitação promovida pela Secretaria de Estado de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano (Sedurb), e agora irão colocar em prática o que aprenderam.

O treinamento faz parte do acordo de cooperação firmado entre a Sedurb e os municípios que aderiram ao programa, e tem por objetivo prestar orientações e apoio técnico às cidades, criando as condições para que a regularização fundiária aconteça.

Durante a capacitação, os técnicos de Afonso Cláudio, optaram por iniciar a regularização pelo bairro Bela Vista, onde residem famílias de trabalhadores da agricultura, do comércio, aposentados, pensionistas, autônomos e desempregados. Segundo a representante do município, Rosinéia das Graças Saiter, o perfil do bairro foi um dos critérios para a escolha.

Ela ressaltou, ainda, que a expectativa da administração municipal é dar continuidade ao Programa. “Com a regularização, criamos condições para que as famílias de Afonso Cláudio, por meio da titularização, possam ter seus imóveis legalizados e, assim, garantir o acesso à moradia digna”, destacou.

Para a subsecretária de Estado de Habitação e Regularização Fundiária, Caroline Jabour, a capacitação foi só o primeiro passo. “Agora, os técnicos dos municípios irão colocar em prática aquilo que aprenderam no curso. É importante ressaltar que o governo do Estado presta uma assessoria técnica continuada aos municípios que aderiram ao Programa e, com esse trabalho feito em conjunto, tenho certeza de que os resultados serão os melhores possíveis”, afirmou a subsecretária.

Capacitação – A capacitação teve início no segundo semestre deste ano e contou com a participação de 21 municípios, divididos em duas turmas. O treinamento foi dividido em três módulos. No primeiro, os municípios conheceram as noções básicas da regularização fundiária e identificaram uma área apta para a realização do trabalho in loco, com base nas orientações do governo do Estado. No segundo foi apresentado um diagnóstico integrado e no terceiro módulo foi discutido o projeto de integração de regularização fundiária.

Municípios atendidos: Afonso Cláudio, Alfredo Chaves, Aracruz, Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Conceição da Barra, Domingos Martins, Guarapari, Ibiraçu, Jerônimo Monteiro, João Neiva, Marechal Floriano, Marataízes, Nova Venécia, Pedro Canário, Piúma, Santa Leopoldina, Santa Maria de Jetibá, Venda Nova do Imigrante, Vila Velha e Serra.

Veja também

centro-cirurgico

Centro Cirúrgico 2.0: projeto para otimizar processos e garantir agilidade a quem precisa de cirurgia pelo SUS capixaba

ministerio-da-saude

Ministério da Saúde já realizou mais de 2.600 atendimentos à estados e municípios

selo-artesanal

Curso sobre Selos de Identificação Artesanal será realizado em julho

Em-apenas-7-meses-Mapa-alcanca-recorde-anual-de-aberturas-de-mercado

Em apenas 7 meses, Mapa alcança recorde anual de aberturas de mercado

pao-e-produto-alcoolico

Marcas de pão de forma deveriam ter alerta de produto alcoólico

qualificacao-de-turismo

Programa de Qualificação para o Turismo oferece novas oportunidades

inscricao-para-nossa-bolsa

Governo do Estado divulga lista com suplentes às vagas oferecidas pelo Programa Nossa Bolsa 2024/02

nota-premiada

Fique ligado: dia 18 de julho tem sorteio do Nota Premiada Capixaba!