Autismo: comissão aprova assistência especializada

Publicado em 09/11/2022 às 15:43

Compartilhe

comissao-aprova-assistencia-especializada

Foto: Lucas S. Costa

Comissão de Educação se reuniu nesta segunda-feira (7) e aprovou duas matérias. Uma delas é o Projeto de Lei (PL) 484/2020, da deputada Janete de Sá (PSB), que permite a entrada e permanência em escolas públicas e privadas de equipe multidisciplinar para atender alunos com autismo.

A equipe contemplaria profissionais especialistas em Psicologia, Psicopedagogia, Fonoaudiologia, Terapia Ocupacional, Nutrição ou de outra formação de acordo com a necessidade do estudante.

A iniciativa foi aprovada pelos deputados Bruno Lamas (PSB), presidente do colegiado, Coronel Alexandre Quintino (PDT) e Sergio Majeski (PSDB), que foi o responsável pelo parecer positivo.

O tucano lembrou a necessidade de uma equipe multidisciplinar nas escolas para atender não só pessoas com autismo, mas também alunos que sofrem com outros problemas atuais da sociedade, como uso de drogas, violência doméstica e depressão.

“As escolas não dão conta disso”, afirmou o parlamentar, mesmo ressalvando a competência de professores e pedagogos. No entanto, hoje falta competência técnica para lidar com esses problemas e, segundo apontou, a figura do psicólogo poderia ajudar.

Fotos da reunião

Também foi acatado de modo unânime o PL 103/2019, protocolado por Gandini (Cidadania). O projeto dispõe sobre a criação da Central Estadual de Intérpretes da Língua Brasileira de Sinais (Libras) e guias-intérpretes para pessoas com deficiência auditiva. A central seria vinculada à Secretaria de Estado da Educação (Sedu).

Já o PL 386/2019, de autoria do deputado Capitão Assumção, não foi relatado. A proposta versa sobre a obrigatoriedade de notificação aos pais ou responsáveis sobre a realização de qualquer atividade dentro ou fora do estabelecimento de ensino, sua natureza, sua correlação com a Base Nacional Curricular Comum e seu objeto didático-pedagógico.

Na reunião, o colegiado ainda aprovou a realização de um uma sessão solene em reconhecimento aos 60 anos do Conselho Estadual de Educação (CEE).

Tribuna Acadêmica

O estudante de Direito Marcos Guimarães, que inaugura a realização da Tribuna Acadêmica nesta segunda-feira (7), é o autor, junto com a Comissão de Educação, de projeto de extensão sobre o ensino da disciplina na escola, com abordagem focada nos direitos fundamentais. Um dos objetivos é transformar a iniciativa em projeto de lei. 

Fonte: Assembleia Legislativa ES

Veja também

brasil-22-02-freepik-estudante

Caixa anuncia concurso com mais de 4 mil vagas para todo o Brasil

geral-22-02-freepik-estudante

Fies Social financia até 100% de encargos para estudantes de famílias do CAD Único

esporte-22-02-gov-es

Paratleta capixaba representa o Brasil em Mundial de natação na Austrália

policia-21-02-pces

Polícia Civil prende em flagrante suspeito de homicídio em Conceição de Castelo

policia-21-02-mf

Bicicleta e moto são furtadas e um micro-ônibus é arrombado em bairro de Marechal Floriano

geral-21-02-divulg-sala-empreendedor

Novos serviços da Receita Federal são implementados na Sala do Empreendedor de Marechal Floriano

turismo-21-02-setur

Setur debate avanços no projeto de turismo de cruzeiros no Espírito Santo

saude-21-02-Helio-Filho-Secom

Espírito Santo institui Centro Integrado de Comando e Controle de Arboviroses