Ator Marcos Palmeira elogia Afonso Cláudio em passagem pelo Espírito Santo

Publicado em 26/06/2023 às 09:17

Compartilhe

marcos-palmeiraa

Texto: Renatto Manga/ Foto: Rogério Faissal

O ator Marcos Palmeira, que esteve em Vitória na última semana, durante a mostra comemorativa dos 30 anos do Festival de Cinema de Vitória, falou sobre o município de Afonso Cláudio, que inspirou a história mostrada em uma novela em que ele participou. Durante quatro dias de programação, o evento na capital capixaba exibiu uma seleta lista de documentários, curtas e longas no Teatro Glória e no Cine Metrópolis.

O evento recebe anualmente um nome do cinema nacional, para receber o Troféu Vitória, em homenagem ao trabalho desenvolvido em prol da cultura brasileira. Este ano, foi a vez de Marcos Palmeira receber o troféu no palco do Teatro Glória das mãos de seu pai, o cineasta Zelito Viana. Além do patriarca da família, Palmeira contou, na ocasião, com a presença da mãe Vera Maria de Paula e da esposa Gabriela Gastal.

Além do troféu, o ator recebeu uma homenagem apresentada pelos atores Silvero Pereira e Bel Kutner. O momento contou com uma retrospectiva das quase quatro décadas de carreira e um vídeo especial produzido pelo Canal Brasil para “desenhar” a longa estrada do homenageado.

AFONSO CLÁUDIO – Marcos Palmeira também participou da coletiva de imprensa e lançamento do caderno especial no salão nobre do Hotel Ilha do Boi. Na ocasião, o artista respondeu todas as perguntas dos parceiros da imprensa. Para o portal Montanhas Capixabas, Marcos compartilhou a respeito da sua participação no folhetim “A Dona do Pedaço”, novela exibida em 2019 pela Rede Globo de Televisão.

Indagado a respeito da alteração do nome da cidade de Afonso Cláudio na novela, por Rio Vermelho, nome fictício para tratar de uma história real de duas famílias tradicionais da região, Palmeira compartilhou: “Afonso Cláudio tem um potencial enorme. A novela poderia ter sido toda feita por lá”.

O veterano ator ainda salientou que a história que ocorreu em Afonso Cláudio era muito mais interessante para ser contada do que foi. Para Palmeira, tudo ocorreu pela falta de tempo do renomado autor de novelas. “A novela foi encomendada para o Walcyr  Carrasco e ele tinha 20 dias para escrevê-la. A Globo não tinha o que colocar no ar, então falaram para Walcyr inventar uma história”, disse.

Nos bastidores da coletiva, Marcos Palmeira ainda falou para o Montanhas Capixabas sobre o desejo de ver o Estado do Espírito Santo ainda mais representado na teledramaturgia e no cinema brasileiro. Vale ressaltar que Palmeira, além de ter interpretado o advogado capixaba Amadeu, em “A Dona do Pedaço”, também deu vida a Carlos Henrique, no filme capixaba “O Amor está no ar”, dirigido por Amylton de Almeida, em 1997.

Veja também

agro-19-06-ft-incaper

Unidades demonstrativas vão incentivar irrigação sustentável na cafeicultura capixaba

esporte-19-06-ft-gov-es-surfista-capixaba

Surfista capixaba conquista segundo lugar em etapa do Sul-Americano

saude-19-06-ft-Cicero-Modulo-CIAM-PMMF

Marechal Floriano oferece suporte psicológico e jurídico a mulheres

Texto: Roberly Pereira / Fotos: Julio Huber e Divulgação

Domingos Martins realiza festa em homenagem à padroeira Santa Isabel

politica-19-06-ft-gov-es-alunos

Governo do Estado oferece mais de mil vagas em cursos técnicos nos CEETs

WhatsApp-Image-2024-01-24-at-13.56.47-2

A garantia da acessibilidade no transporte aquaviário

geral-18-06-ft-gov-es-detran

Detran|ES informa sobre indisponibilidade temporária na realização de serviços do órgão

politica-18-06-ft-MARCELO-CAMARGO-AGENCIA-BRASIL

PEC que permite trabalho para adolescentes de 14 anos será discutida hoje