Aranha-caranguejeira é encontrada em voo do México para o Brasil; veja vídeo

Publicado em 10/11/2021 às 14:20

Compartilhe

104352


source
Tarântula envolta em um saco plástico
Reprodução: Instagram

Tarântula envolta em um saco plástico

Os passageiros de um voo do México para o Brasil se surpreenderam ao se deparar com uma aranha-caranguejeira, conhecida como tarântula, dentro do avião. A aeronave é da companhia low-cost Volaris, que costuma fazer o trajeto de Cancún a São Paulo.

O encontro com o animal aconteceu em 31 de agosto, mas somente nesta semana um vídeo gravado pelos passageiros viralizou nas redes sociais. A gravação exibe um homem segurando a aranha num saco plástico, mostrando o animal para a aeromoça e seguindo pelo corredor do avião.

As imagens também mostram a tarântula se mexendo calmamente dentro do saco plástico.

O autor do vídeo legendou o vídeo dizendo: “Então, isso aconteceu no meu voo”, escreveu. “Havia uma tarântula no nosso avião e esse cara a capturou enquanto estávamos voando”, completou o usuário DirectorBrazil.

Leia Também

Nos comentários, um internauta escreveu: “Estou muito feliz que não estava nesse voo. Que cara corajoso”, referindo-se ao rapaz que conseguiu capturar a aranha a deixando ilesa.



Fonte: IG Mundo

Veja também

© Tomaz Silva/Agência Brasil

Covid-19: 90% dos adultos brasileiros já tomaram a 1ª dose da vacina

107624

Sindicato dos Hospitais de SP é contra aglomerações no réveillon

© Arquivo/Marcelo Camargo/Agência Brasil

São Paulo registra queda em casos de HIV pelo quarto ano seguido

© Ricardo Wolffenbuttel/Governo de SC

São Paulo mantém exigência do uso de máscaras em ambientes abertos

Periodo-aberto-para-a-Pre-Matricula-da-Rede-Estadual-1

Período aberto para a Pré-Matrícula da Rede Estadual

107614

Bolsonaro sanciona lei de programa de crédito para micro e pequenas empresas

107612

Castro recompõe em 10% salário de servidores e custo deve ser de R$ 2,9 bi

© 28/10/2021/Fernando Frazão/Agência Brasil

Brasil tem 11,4 mil novos casos de covid-19 e 283 mortes em 24 horas