SAÚDE

Alimentação nutritiva é aliada na recuperação de pacientes curados da covid-19

Publicado em 12/12/2020 às 12:54

Compartilhe

Pacientes que tiveram alta hospitalar após o Covid-19 demandam cuidados especiais para atenuar possíveis sequelas decorrentes da doença. A nutrição adequada mostra- se uma forte aliada para a plena recuperação desses indivíduos. Nesse contexto, a Pronep Life Care, pioneira no serviço de Atenção Domiciliar (home care) no Brasil, traz importantes conselhos sobre o tema, com base em um manual com orientações elaborado pela Sociedade Canadense de Nutrição. O manual contém dicas de alimentação após a infecção e tratamento pelo coronavírus.

 
A doença que desencadeou uma pandemia global em 2020 tem deixado sequelas de maior ou menor grau nos pacientes que estiveram internados. Entre os sintomas que podem persistir estão: alterações no paladar, falta de apetite e cansaço ao realizar atividades que antes eram comuns na rotina. “É importante que as pessoas conheçam os cuidados com a alimentação após a alta hospitalar por Covid-19, doença que debilita demais o paciente. A atenção à ingestão adequada de nutrientes importantes para o bom funcionamento do  sistema imunológico garante uma sólida recuperação, buscando também amenizar as sequelas”, ressalta Monique Karenine e Souza, nutricionista da Pronep Life Care. Confira algumas dicas, abaixo:
 
Fraqueza e perda de peso
É comum que os pacientes que receberam alta se sintam mais fracos, sem vontade de comer e que tenham emagrecido. A alimentação adequada ajuda a evitar a continuidade da perda de peso e retomar aos poucos o ‘pique’ para as atividades diárias.
 
Ingestão de proteínas
É recomendada a ingestão de alimentos ricos em proteínas, como carnes vermelhas e brancas, peixes, ovos, grãos, iogurtes, queijos e leites, soja, e nozes.
 
Varie os alimentos consumidos nas refeições
Procure experimentar pães integrais, massas, arroz ou cereais, além de aliar frutas, legumes e verduras em todas as refeições.
 
Monitore o quanto está comendo
É importante atentar-se ao quanto você está comendo e se está deixando sobras. Caso esteja comendo menos que o seu normal, faça milk-shakes com iogurtes entre as refeições. Procure ajuda profissional para avaliar a necessidade de suplementação nutricional.
                                         
Atenção aos líquidos
A ingestão de oito a dez copos diários de água filtrada por dia é recomendada, variando com refrescos, água de coco, chás gelados e sucos.
 
Caso o paciente recém-recuperado sinta uma constante falta de apetite, cansaço e dificuldades para se alimentar, recomenda-se que as refeições sejam feitas com maior frequência e em porções menores, ou seja, mais vezes, porém em menor quantidade. A ingestão das proteínas deve ser feita primeiro e, dependendo do acometimento da infecção pelo Covid, há a necessidade no aumento do consumo proteico. Alterações no paladar que sejam persistentes podem ser amenizadas com a ingestão de alimentos frios no início da refeição, balas azedas ou gomas de ou gomas de mascar antes e depois de comer caso sua boca esteja seca, e uma escovação regular dos dentes.
 
Fonte:  Pronep Life Care  

Veja também

PEPCV-Karol-Gazoni-Iema-1

Parques estaduais estarão abertos para visitação nesta semana

WhatsApp-Image-2021-06-21-at-09.23.40

Trânsito intenso causa engavetamento entre três carros na BR-262

WhatsApp-Image-2021-06-21-at-11.35.36-3

Carros antigos serão expostos em Araguaya no mês de julho

acidente-fazenda-no-estado_capa

Motociclista fica ferido após acidente com carreta na Fazenda do Estado, em Domingos Martins

doses-da-AstraZeneca-Fiocruz

Saúde envia aos estados e DF mais de 7,6 milhões de doses da AstraZeneca/Fiocruz

banestes-mantem-menor-taxa-de-juros

Banestes mantém menor taxa de juros do Brasil no crédito imobiliário, mesmo após alta da Selic

Sebrae-ES-consultoria

Sebrae/ES oferece consultorias sobre finanças com até 90% de desconto

pastor-de-marechal-tranferencia

Transferência de pastor entristece luteranos em Marechal Floriano