Acusado de assassinar morador de rua é preso e confessa que matou por ciúmes

Publicado em 01/05/2021 às 13:58

Compartilhe

A Polícia Civil prendeu, na tarde de ontem (30), um homem acusado de ser o autor do assassinato do morador de rua Valdino Rangel, 61 anos, cujo corpo foi encontrado no centro de Marechal Floriano, na manhã do último sábado (24).

O corpo de Valdino Rangel foi encontrado em um imóvel desabitado envolto em um cobertor, e com um fio amarrado ao pescoço. Segundo o delegado Geraldo Peçanha, esse é um indicativo de que ele foi estrangulado pelo autor do crime.

Ao ser preso, o homem de 41 anos confessou o crime, e disse que matou Valdino por ciúmes de sua namorada. “O acusado confessou o assassinato e disse que a vítima havia relatado que teve um relacionamento com a mulher, com quem o acusado disse que também se relacionava”, informou o delegado.

De acordo com os levantamentos realizados pelos investigadores da equipe da Polícia Civil de Marechal Floriano, foi possível concluir que a vítima foi assassinada na noite de quarta-feira (21), quando estavam no local somente Valdino e o suspeito preso na data de ontem.

Após assassinar a vítima, o autor cobriu o corpo e saiu do local, não retornando mais. Estranhando que a vítima continuasse na mesma condição por três dias, uma testemunha resolveu averiguar e percebeu que Valdino estava morto.

“As provas obtidas na investigação são robustas, e bastantes a indicarem que o homem preso, que também é morador de rua, foi o autor do crime. O suspeito foi preso temporariamente por ordem do Juízo da Vara Única da Comarca de Marechal Floriano, após parecer favorável do Ministério Público em relação à nossa representação criminal formulada na quarta-feira”, destacou o delegado.

Inicialmente, a prisão é de 30 dias, prorrogáveis por mais 30 dias caso haja necessidade de prolongar a investigação, ou até mesmo a decretação da prisão preventiva, caso as investigações sejam concluídas dentro do prazo inicial. Após confessar a prática do crime, o suspeito foi encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça e da autoridade policial.

A prisão ocorreu no centro de Marechal Floriano, onde o suspeito foi encontrado pela equipe policial. “Ainda restam a conclusão dos exames periciais, imprescindíveis à conclusão do procedimento investigatório, cujos laudos serão concluídos no prazo de 30 dias, conforme adiantou a Perícia”, disse o delegado.

Veja também

96793

Azul tem inscrições abertas para nova edição de seu programa de trainee

96791

Auxílio emergencial volta a ser pago na terça; veja o calendário da 6ª parcela

96789

Enforcador pode fazer mal aos cães? Adestrador explica o uso do equipamento

banestes-auxilio

Operações de crédito emergencial atingem mais de R$ 720 milhões liberados pelo Banestes

96787

Mega-Sena: duas apostas dividem prêmio de R$ 23,5 milhões

96785

Cachorros de Cingapura se tornam influencers no Instagram

© Myke Sena/MS

Covid-19: Brasil tem 21,2 milhões de casos e 590,5 mil mortes

© Luiz Erbes/S.E.R. Caxias/Direitos Reservados

Caxias elimina Portuguesa nos pênaltis e está nas oitavas da Série D