Câncer pode estar relacionado ao diabetes tipo 2

Estudos epidemiológicos recentes indicam que pessoas diabéticas são mais propensas a desenvolver alguns tipos de câncer do que quem não tem a doença. Segundo o rádio-oncologista, Carlos Rebello, do Instituto de Radioterapia Vitória (IRV), o diabetes tipo 2 está relacionado ao maior perigo de tumor de pâncreas, fígado, intestino, endométrio e bexiga, por exemplo.

Cancer pode estar relacionado ao diabetes tipo 203

Em uma das pesquisas, concluiu-se que o risco aumenta em 15% entre os pré-diabéticos. Ou seja, naqueles indivíduos com elevação discreta dos níveis de glicose no sangue, porém ainda não suficiente para ser considerada diabetes. Outros fatores associados, como o sobrepeso ou a obesidade, elevam para 22% essa probabilidade.

Carlos Rebello, explica que, a ligação entre os dois problemas ainda não foi totalmente esclarecida. “Há uma hipótese que aponta para as semelhanças existentes entre os fatores que os causam, como o sedentarismo, o excesso de peso e a má alimentação. Outra grande teoria supõe que o diabetes ocasiona alterações hormonais e moleculares que propiciariam o surgimento do câncer”, informa o médico.

O tumor maligno de pâncreas é o que evidencia melhor essa conexão, de acordo com a endocrinologista, Rúbia Helena Rangel Rosa Nasser, do Hospital Metropolitano. “Entre 50 a 80% dos pacientes com câncer pancreático têm pré-diabetes ou diabetes”, afirma.

Prevenção

Cancer pode estar relacionado ao diabetes tipo 2 02Para ela, os fatos que correlacionam os problemas são suficientes para que as pessoas busquem ter atitudes que visem à prevenção de ambos.

“Seguir uma dieta rica em grãos, legumes, óleos vegetais, laticínios e carnes magras auxilia no controle do peso e na redução dos níveis de glicose no sangue. Evitar açúcar refinado, alimentos industrializados, álcool em excesso e carnes gordurosas também diminui a probabilidade de desenvolver diabetes, assim como praticar atividade física regular, controlar o peso, não fumar, ter uma vida ativa e cuidar do bem-estar emocional”, orienta a médica.

O rádio-oncologista, Carlos Rebello, concorda. “O importante é cuidar do corpo. Estar acima do peso, por exemplo, aumenta a possibilidade de desenvolver 13 tipos de câncer, incluindo os de pâncreas, fígado, intestino e endométrio. Ou seja, quatro dos que estão ligados ao diabetes. Por isso, é fundamental evitar os fatores de risco por meio de uma vida mais saudável”, reforça.