Bombeiros de Marechal Floriano sem notícias da médica Jaqueline há dois dias

A médica Jaqueline Colodetti, 50 anos, continua desaparecida. A afirmação é de um parente próximo da cardiologista, também médico, que solicitou a um amigo de Marechal Floriano o envio de fotos e de matérias publicadas no site Montanhas Capixabas para a cidade de Aracaju, onde há amigos da família.

Desde anteontem (10) os telefonemas verdadeiros do assunto voltado para uma tentativa de resolução do problema ou simplesmente trotes, deixaram de existir. O sargento Welder, fiscal de serviços do dia de hoje no 4º Batalhão do Corpo de Bombeiros de Marechal Floriano, afirmou que não chegaram há dois dias telefonemas ou mensagens.

O sargento bombeiro militar Welder, comentou ainda que a equipe designada para o dia de hoje permanece alerta para quaisquer ocorrências eventuais, inclusive para atendimentos necessários. “Estamos prontos para atender ocorrências e também, caso surja notícias da médica Jaqueline”, disse.

Um médico cunhado de Jaqueline, disse que o trabalho do Corpo de Bombeiros de Marechal Floriano é perfeito e o não encontro da cardiologista não se constitui em atitudes errôneas por parte deles. “Os bombeiros estão perdendo noites para encontrar a minha cunhada. Seria um prêmio para nós”.

Caso tenha alguma informação, entre em contato:
(27) 3336 0924, (27) 9 9946 4528, (27) 9 8802 6205, (27) 9 8802 6200.