Encerra neste domingo (22) bazar de apoio ao Hospital Doutor Arthur Gerhardt em Domingos Martins

Aberto no início da segunda semana deste mês, o “Bazar HMAG”, destinado ao apoio financeiro para o Hospital Doutor Arthur Gerhardt, na sede de Domingos Martins, atualmente em dificuldades, encerrará neste domingo (22), as vendas de camisas, calças, vestidos, saias, blusas e outras peças dos vestuários masculino e feminino para adultos e crianças.

O bazar foi criado pelo “Projeto Mãos que Servem” formado na maioria por servidores da instituição hospitalar de Domingos Martins. Os interessados em prestar apoio ao hospital de Campinho, adquirindo produtos doados pelos moradores do município, devem se dirigir ao Pavilhão da Igreja Luterana, na praça principal da cidade de Domingos Martins, onde acontece o “Bazar HMAG”.

Encerra neste domingo 22 bazar de apoio ao Hospital Doutor Arthur Gerhardt em Domingos Martins 2

Segundo a médica Guadalupe Guerreiro, da instituição hospitalar da sede, coordenadora deste trabalho, o projeto deu certo e a movimentação foi excelente durante a semana. “Sabendo para onde é destinado o valor das vendas, as pessoas animaram e deram apoio realizando suas compras”, disse a médica.

Ela ressaltou que prevaleceu até o dia de hoje a boa vontade dos colaboradores da instituição hospitalar que trabalharam no local durante os momentos de folga e da população que apóia. “Haverá uma prestação de contas e a população que nos ajuda saberá certamente o valor apurado”, disse.

Encerra neste domingo 22 bazar de apoio ao Hospital Doutor Arthur Gerhardt em Domingos Martins 3Para o relojoeiro Rodrigo Klein, de Marechal Floriano, que esteve no local com a família, o Bazar HMAG foi coberto de sucesso em virtude da qualidade das mercadorias, atendimento, e principalmente os reduzidos valores de venda. “A necessidade do hospital de Campinho e todos os outros teria fim se houvesse apoio das administrações públicas em níveis de município, estado e porque não de Brasil”.

O comerciante Fábio Klippel, que também visitou e fez compras no bazar, é favorável ao apoio político, não somente a um, mas a todos os hospitais do País. “É preciso que as autoridades se conscientizem da necessidade de manter bem ativas essas instituições que promovem a saúde da população”.