Não vem mais: Botafogo cancela pré-temporada em Domingos Martins

Em um comunicado realizado na noite de ontem (04), em sua conta oficial no Twitter, o Botafogo informou aos seus torcedores e seguidores o cancelamento de sua pré-temporada no Espírito Santo, que aconteceria a partir do próximo domingo (07), nas dependências do Hotel Fazenda China Park, em Domingos Martins.

De acordo com a publicação, a desistência do clube de viajar para o Estado, onde ficaria até o dia 15 de janeiro, se deu por questões operacionais e de logística, no qual a diretoria alvinegra optou por realizar toda a pré-temporada em seu próprio estádio, o Nilton Santos, no Rio de Janeiro.

Segundo o blog “Panorama Esportivo”, do jornal O Globo, o motivo real do cancelamento do clube carioca foi porque o empresário capixaba e proprietário da R1 Eventos, empresa que custearia toda a viagem, Rominho Dias, ficaria com os lucros do amistoso que seria disputado entre o Botafogo e Vitória, na próxima quinta-feira (11), às 20 horas, no estádio Kléber Andrade, em Cariacica.

Ainda de acordo com o blog, neste moldes, o confronto acabou sendo cancelado e sem a garantia do retorno financeiro, o empresário precisou abortar o investimento.

Procurado pela reportagem do portal Montanhas Capixabas, o empresário Rominho Dias, por meio de sua assessoria de imprensa, que enviou uma nota, informou que o cancelamento da pré-temporada do Botafogo foi devido a um consenso entre a R1 Eventos e o clube carioca.

De acordo com o comunicado, entre os motivos que levaram à decisão estão a greve de ônibus, que trouxe instabilidade para a logística de torcedores que acompanhariam a partida amistosa do dia 11, a temporada encurtada, a retirada de apoios, o aumento de custos, entre outros.

A nota é finalizada dizendo que: “o empresário nunca deixou de cumprir qualquer parte do acordo de realização da pré-temporada e que todo o trâmite, até o momento, foi feito de forma idônea e respeitando toda a sua relação profissional e cordial com os dirigentes do Botafogo”.

Proprietário de resort lamenta a não vinda do clube carioca

Ainda na noite de ontem, o Hotel Fazenda China Park, por meio de uma nota de seu proprietário, Valdeir Nunes, lamentou a não vinda do Botafogo para o resort e responsabilizou o empresário Rominho Dias pelo cancelamento da pré-temporada alvinegra na Região Serrana. Confira a nota completa:

“Lamentamos informar que a vinda do Botafogo para sua pré-temporada 2018 foi cancelada hoje, dia 04/01, exatamente às 18 horas, faltando apenas 3 dias para sua chegada, devido à irresponsabilidade e a falta de compromisso do Empresário, intermediador entre o Hotel e o Botafogo, que não cumpriu sua parte no acordo, inclusive, sequer finalizando a compra das passagens aéreas da delegação.

Tudo que era de nossa responsabilidade foi cumprido bem antes do prazo.
Várias suítes bloqueadas para acomodar a delegação, Centro de Treinamento preparado conforme exigência dos treinadores e diretoria, arquibancada montada e o espaço Botafogo destinado a atender a todas as refeições, completamente pronto, inclusive com toda mão de obra contratada e todos os insumos necessários para atender às demandas nutricionais dos atletas ja compradas.

Mesmo já assumindo um prejuízo grande, só desejamos sucesso ao Botafogo e agradecemos a compreensão de todos os colaboradores, fornecedores e parceiros que entenderam que o cancelamento não dependeu da parte do Hotel.

Aos torcedores nossas sinceras desculpas. Afinal nosso coração também é Botafoguense.

Lembramos que independente da vinda do Botafogo, nosso hotel continua com sua programação normal e movimentada todos os dias, com todas as suas atrações à disposição, equipe de recreação, hospedagem e muita diversão.
Até uma próxima Botafogo!”

Frank Motoboy