Feira Sabores da Terra terá uma fazenda virtual

Quem visitar a Feira Sabores da Terra, que este ano será realizada entre os dias 18 e 20 de agosto, na Praça do Papa, em Vitória, terá a oportunidade de se deparar com animais como vacas, cavalos, porcos, bezerros, galinhas e pintinhos, além de plantações de milho, laranja e eucalipto. Mas o detalhe que mais chama a atenção é que tudo isso será visto e até mesmo tocado virtualmente.

sabores da terraIsso só será possível graças a uma parceria do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), que vai montar uma fazenda virtual com 100 metros quadrados com a tecnologia conhecida como realidade aumentada.O mundo real e o virtual irão se misturar na projeção de figuras em um cenário filmado, o que visto de forma simultânea, em um telão de led separado, passa a sensação de acontecer no momento presente.

Ao se posicionar em frente a um telão, o público se enxerga em meio a cavalos, vacas, pintos, porcos e até tratores. A intenção é aproximar o público urbano do ambiente de uma fazenda e mostrar o trabalho que o Senar desenvolve e o potencial do meio rural.A ação é em homenagem aos 25 anos do Senar Brasil.

Essa fazenda virtual já foi montada em Brasília (DF), Porto Alegre (RS), Manaus (AM), Fortaleza (CE) e Salvador (BA). A atração provocou a curiosidade de adultos e a empolgação das crianças nesses locais onde a estrutura foi montada, e em Vitória não deve ser diferente.

De acordo com a superintendente do Senar/ES, Letícia Toniato Simões, a entidade está inovando a cada dia e, traz agora, para o Estado, a fazenda virtual. “O objetivo é apresentar para o público urbano, de forma lúdica e interativa, a importância do agronegócio e das famílias que alimentam o Brasil”, enfatizou Letícia.

Quase 500 expositores durante a Feira Sabores da Terra

Serão três dias dedicados ao agronegócio, com um dos maiores eventos do Espírito Santo: a Feira Sabores da Terra. Já tradicional no calendário do Estado, a festa acontece na Praça do Papa, em Vitória, entre os dias 18 e 20 de agosto.

Com entrada franca, o evento trará o melhor das produções do campo do Estado com derivados de leite, café, cacau, chocolate, flores, peixes, além de produtos orgânicos, frutas, sucos, mel, cervejas artesanais e o artesanato de vários municípios. Serão aproximadamente 480 expositores.

Além dos produtos, a programação será repleta de atrações culturais com apresentações folclóricas, oficinas gastronômicas, produções que levam o design floral, minifazenda com animais e o melhor da gastronomia do Estado.